Pague Menos Corrida – SB.1

IAAF mantém suspensão ao atletismo da Rússia pelo menos até fevereiro

A Associação das Federações Internacionais de Atletismo (IAAF) anunciou nesta quinta-feira a manutenção da suspensão imposta ao atletismo da Rússia,…


A Associação das Federações Internacionais de Atletismo (IAAF) anunciou nesta quinta-feira a manutenção da suspensão imposta ao atletismo da Rússia, proibido de participar de competições internacionais. A punição vai continuar valendo até pelo menos fevereiro.

De acordo com Rune Andersen, norueguês especialista antidoping que comanda a força de trabalho que monitora os esforços antidoping da Rússia, nenhuma decisão será tomada até o segundo mês do ano que vem.

Nesta quinta-feira, ele admitiu que houve progresso nas ações da Rússia, mas disse que o grupo quer voltar a Moscou em janeiro para vistoriar pessoalmente esses avanços. Além disso, ele aguarda a segunda parte do relatório do professor canadense Richard H. McLaren, que publicará na semana que vem detalhes de como autoridades russas burlaram o controle de dopagem dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, em 2014, quando competiram em casa.

Em 13 de novembro, a suspensão imposta à Federação Russa de Atletismo (RUSAF, na sigla em inglês) completou um ano. Desde o fim do ano passado, os atletas russos estão proibidos de competir internacionalmente, punição que valeu inclusive para os Jogos Olímpicos do Rio.

Desde então, de acordo com Andersen, a RUSAF demonstrou grande progresso para satisfazer as condições de restabelecimento, avaliação que ele passou ao Conselho Executivo da IAAF, em encontro realizado em Montecarlo (Mônaco).