Hortolândia oferece kung fu adaptado para idosos

A atividade será oferecida no Centro de Convivência da Melhor Idade de forma gratuita; inscrições estão abertas


Foto: Prefeitura de Hortolândia / Divulgação
Uma aula demonstrativa da modalidade foi oferecida na semana passada com a participação de cerca de 60 pessoas

A Prefeitura de Hortolândia está com inscrições abertas para aulas de kung fu adaptado para a população da Terceira Idade. A atividade será oferecida no CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade) do Remanso Campineiro, órgão da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social. A aula inaugural acontecerá no dia 4 de agosto.

As inscrições podem ser feitas no próprio CCMI, localizado na rua Euclides Pires de Assis, 200, Remanso Campineiro. Os interessados devem apresentar RG, CPF, comprovante de residência, levar duas fotos 3X4 e atestado médico. O CCMI funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. As aulas serão às sextas-feiras, às 9h.

A modalidade será adaptada para a Terceira Idade e o foco será na parte de exercícios. As aulas serão ministradas por Dirceu Gonçalves dos Santos, profissional com mais de 20 anos de atuação na modalidade como atleta e técnico. Ao longo de sua carreira, já foi campeão brasileiro e mundial da modalidade. Dirceu explica que nas aulas também serão trabalhados valores que as artes marciais ensinam, tais como disciplina, perseverança e motivação. “O kung fu ajuda no autoconhecimento, além de trabalhar o foco e a concentração”, acrescenta.

O secretário-adjunto de Inclusão e Desenvolvimento Social, Rogerio Mion, destaca que a modalidade é mais uma opção de atividade que a prefeitura oferece, gratuitamente, para que a população da Terceira Idade tenha mais qualidade de vida. “O kung fu ajuda a melhorar o equilíbrio, a mobilidade e os reflexos dos praticantes”, salienta.