Pague Menos Corrida – SB.1

Em 21º, Calderano tem o melhor ranking de um brasileiro no tênis de mesa

Aos 20 anos, Hugo Calderano já é o brasileiro com os maiores feitos no tênis de mesa. Nesta quinta-feira, ele…


Aos 20 anos, Hugo Calderano já é o brasileiro com os maiores feitos no tênis de mesa. Nesta quinta-feira, ele aparece no 21.º lugar do ranking mundial da modalidade, divulgado sempre no dia 1.º de cada mês. Nunca um brasileiro havia ido tão longe na lista.

No mês passado, Hugo conseguiu o melhor resultado do Brasil na história do circuito mundial, ficando com o vice-campeonato no Aberto da Áustria, em Linz. Novamente, nunca antes um mesa-tenista brasileiro havia chegado tão longe em um torneio deste nível, comparável, no tênis, com um Masters 1.000.

Depois, na semana seguinte, Calderano, jogando com Tsuboi, ganhou o título de duplas do Aberto da Suécia, também um evento de nível Major. De novo: o resultado foi o melhor da história do Brasil no circuito, desta vez em duplas. Não há, entretanto, um ranking separado de simples no tênis de mesa.

Com esses resultados em outubro, Calderano ganhou 10 posições no ranking, que também tem Gustavo Tsuboi em 83.º e Cazuo Matsumoto em 92.º lugar. Tsuboi chegou a ser Top 40 durante todo o ano de 2014, mas nunca passou do 36.º lugar, então melhor posição de um brasileiro.

Nesta quinta-feira, Calderano aparece como segundo melhor mesa-tenista no ranking sub-21, atrás apenas do chinês Zhendong Fan, que lidera esse ranking e é o segundo entre os adultos. No Rio-2016, o brasileiro caiu nas oitavas de final, repetindo o que Hugo Hoyama fez em 1996, em Atlanta.