Djokovic bate espanhol e vai às quartas de final em Roma; Isner elimina Wawrinka

Na luta para finalmente engrenar no giro europeu de saibro desta temporada, que tem na próxima segunda-feira o início da…


Na luta para finalmente engrenar no giro europeu de saibro desta temporada, que tem na próxima segunda-feira o início da disputa do Grand Slam de Roland Garros, Novak Djokovic venceu o espanhol Roberto Bautista Agut por 2 sets a 0, com duplo 6/4, nesta quinta, e avançou às quartas de final do Masters 1000 de Roma.

Segundo cabeça de chave da importante competição realizada na capital italiana, o tenista sérvio não conseguiu nenhum resultado de expressão no saibro neste ano, no qual seu melhor desempenho neste tipo de piso foi visto na semana passada, quando caiu diante de Rafael Nadal nas semifinais do Masters de Madri.

Com o triunfo sobre Agut, 20º colocado da ATP que no confronto anterior entre os dois surpreendeu o sérvio nas semifinais do Masters 1000 de Xangai de 2016, Djokovic lutará para chegar a mais uma semifinal em jogo que ocorrerá nesta sexta-feira. Ele terá pela frente o ganhador da partida entre o argentino Juan Martín del Potro e o japonês Kei Nishikori, prevista para ser encerrada nesta quinta.

Para obter a sua sexta vitória em sete duelos contra Agut, o vice-líder do ranking mundial aproveitou três de sete chances de quebrar o saque do espanhol, que converteu um de apenas dois break points cedidos pelo seu adversário em toda partida.

Quatro vezes campeão do Masters de Roma, Djokovic também avançou pelo 11º ano consecutivo às quartas de final da competição, onde levantou a taça em 2008, 2011, 2014 e 2015 – no ano passado o sérvio caiu diante de Andy Murray na decisão.

WAWRINKA CAI – Em outro duelo encerrado há pouco em Roma, o suíço Stan Wawrinka não conseguiu justificar a sua condição de terceiro cabeça de chave ao cair nas oitavas de final diante do norte-americano John Isner, que venceu por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/1) e 6/4.

Campeão de Roland Garros em 2015 e atual terceiro colocado do ranking mundial, Wawrinka sofreu com o poderoso saque de Isner. O tenista dos Estados Unidos soube fazer bem o uso do fundamento ao contabilizar 19 aces e confirmar todos os seus serviços no confronto.

O norte-americano, ex-Top 10 que hoje ocupa o 24º lugar da ATP, salvou cinco break points e ainda aproveitou uma de quatro chances de quebrar o saque do suíço para fechar o jogo no segundo set, depois de ter triunfado no tie-break da primeira parcial.

O próximo rival de Isner será o croata Marin Cilic, sexto cabeça de chave, que horas mais cedo foi às quartas de final ao bater o belga David Goffin por 6/3 e 6/4.

Embora Wawrinka tenha entrado em quadra como favorito nesta quinta, essa foi a terceira vitória de Isner em quatro duelos com o suíço, batido pelo rival em uma outra ocasião, inclusive em piso de saibro, no Torneio de Belgrado de 2010.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter