Cilic vence, mas Colômbia empata duelo nos playoffs da Copa Davis

Tenista mais bem ranqueado em quadra neste fim de semana, pela Copa Davis, o croata Marin Cilic fez a sua…


Tenista mais bem ranqueado em quadra neste fim de semana, pela Copa Davis, o croata Marin Cilic fez a sua parte no primeiro dia de confronto com a Colômbia, fora de casa, pelos playoffs da competição. No saibro, em Bogotá, o número cinco do mundo venceu Alejandro González por 3 sets a 0, com parciais de 6/1, 6/4 e 6/1.

A vantagem na série melhor de cinco jogos foi neutralizada logo na sequência por Santiago Giraldo. O colombiano derrotou Franko Skugor em uma batalha de cinco sets, com parciais de 6/4, 4/6, 5/7, 6/4 e 6/2. O confronto, que empatou a série em 1 a 1, teve 3h49min de duração.

O desempate vai acontecer no jogo de duplas, neste sábado. Os anfitriões terão Juan Sebastian Cabal e Alejandro Falla contra Nikola Mektic e Franko Skugor. No domingo, Cilic vai encarar Giraldo, atual 131º do mundo. E Skugor terá Alejandro González pela frente. O vencedor do confronto vai garantir lugar no Grupo Mundial, a elite da Copa Davis, na próxima temporada.

O mesmo vale para o duelo entre a Argentina, atual campeã da Davis, e o Casaquistão. Jogando no piso duro, em Astana, o time argentino está desfalcado de seus principais tenistas, como Juan Martín del Potro. E contou Diego Swartzmann para empatar a série neste primeiro dia de disputas.

Ele superou Dmitry Popko por 6/4, 6/2 e 6/2, enquanto o casaque Mikhail Kukushkin bateu Guido Pella por 6/7 (5/7), 7/6 (7/5), 6/2 e 6/4. No sábado, a Argentina terá Máximo Gónzalez e Andrés Molteni nas duplas, enquanto a equipe da casa será representada por Kukushkin e Aleksandr Nedovyesov. No domingo, Swartzmann enfrentará Kukushkin e Pella vai encarar Dmitry Popko.

Também sem seus principais tenistas, como Roger Federer e Stan Wawrinka, a Suíça tenta seguir assegurar seu lugar no Grupo Mundial. Para tanto, buscou o empate com a Bielo-Rússia por 1 a 1 nesta sexta. Isso porque Yaraslav Shyla abriu o dia vencendo o suíço Henri Laaksonen por 6/4, 6/2 e 7/6 (7/3). Na sequência, Marco Chiudinelli superou Dzmitry Zhyrmont por 6/3, 4/6, 6/4 e 6/3, no piso duro indoor da cidade suíça de Biel.

Em Haia, a Holanda está perto de ser despachada pela República Checa. Os checos não tomaram conhecimento dos anfitriões, no saibro indoor, e abriram 2 a 0 na série, com vitórias de Jiri Vesely e Lukas Rosol. O primeiro bateu Thiemo de Bakker por 4/6, 6/3, 4/6, 6/4 e 6/4, enquanto Rosol derrotou Robin Haase por 6/7 (5/7), 6/3, 6/2, 3/6 e 7/5.

Em outros dois confrontos dos playoffs, Portugal e Alemanha empatam em 1 a 1, mesmo placar da série entre Hungria e Rússia. Em Lisboa, no saibro, o alemão Cedrik-Marcel Stebe superou João Sousa por 4/6, 6/3, 6/3 e 6/0. E Pedro Sousa empatou ao bater Jan-Lennard Struff por 6/2, 7/5 e 7/6 (7/4).

Na cidade de Budapeste, a equipe húngara saiu na frente com triunfo de Marton Fucsovics sobre o russo Andrey Rublev por 6/2, 6/4, 5/7, 2/6 e 6/3. Na sequência, Karen Khachanov derrubou o local Attila Balazs por 3/6, 6/2, 7/6 e 6/1.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter