Canelo e Golovkin fazem grande duelo de boxe e juízes decretam empate

Luta de boxe mais aguardada do ano, o confronto entre o mexicano Saúl "Canelo" Álvarez e o casaque Gennady Gennadyevich…


Luta de boxe mais aguardada do ano, o confronto entre o mexicano Saúl “Canelo” Álvarez e o casaque Gennady Gennadyevich Golovkin terminou de forma inesperada, na madrugada deste domingo, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Os dois pugilistas fizeram grande e equilibrado confronto e o juízes acabaram decretando o empate, algo incomum na modalidade.

Com o resultado, em uma grande exibição de boxe, ambos os boxeadores mantiveram seus cinturões na categoria peso-médio. Golovkin, assim, manteve sua invencibilidade, com 37 vitórias, sendo 33 nocautes, e os cinturões pelas entidades IBO, WBA, WBC e IBF. Canelo, por sua vez, manteve a liderança dos ranking peso por peso da BoxRec e TBRB.

Diante de um público de 22.358 pessoas na T-Mobile Arena, a luta foi decidida de forma polêmica. Um dos três juízes deu vitória ao mexicano por 118 a 110. Outro concedeu o triunfo ao casaque por 115 a 113. E o terceiro marcou empate em 114, decretando a igualdade final.

A polêmica se deu pela avaliação da juíza Adelaide Byrd, que deu vitória a Canelo em dez dos doze rounds da luta, apesar do equilíbrio visto durante todo o confronto. O mexicano se saiu melhor nos primeiros e nos últimos assaltos, enquanto Golovkin, ou GGG, se saiu melhor nos rounds intermediários. Durante quase toda a luta, os dois pugilistas fizeram um duelo franco, de belos golpes e agressividade.

O resultado e o sucesso de público fizeram os dois boxeadores concordaram rapidamente em disputarem nova luta, em data ainda a ser definida. “Claro, com certeza. As pessoas querem isso”, afirmou Canelo. “Olhe para os meus cinturões. Eu ainda sou o campeão. Claro que quero uma nova luta”, respondeu Golovkin.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter