Hespanhol fica com a prata no Jori

Mesatenista de Americana se destacou na etapa decisiva realizada em Sertãozinho; mais dois representaram a cidade


Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Atleta de 64 anos somou quatro vitórias, todas sem perder nenhum set, e somente uma derrota, justamente na final

O mesatenista Jorge Luiz Hespanhol, de Americana, foi o atleta da cidade que mais se destacou na final estadual dos Jori (Jogos Regionais dos Idosos), realizada em Sertãozinho entre os dias 4 e 8 deste mês. Ele conquistou a prata na categoria 60-69 anos, se consagrando como o segundo melhor mesatenista da terceira idade do Estado de São Paulo – na fase regionalizada dos Jori, em junho, Hespanhol havia conquistado o ouro.

Em Sertãozinho, o atleta de 64 anos somou quatro vitórias, todas sem perder nenhum set, e somente uma derrota, justamente na final, diante de Sunau Arake, representando Mogi Guaçu. O placar da decisão foi de 3 sets a 2 a favor do japonês naturalizado brasileiro, com parciais de 11-9, 4-11, 5-11, 12-10 e 12-10. “Cheguei a ficar muito perto do título depois do terceiro set, vinha bem no jogo, mas não deu. De qualquer forma, estou feliz por ter ficado entre os melhores do Estado”, comentou Hespanhol.

Além dele, outros dois atletas representaram Americana na fase final dos Jori. Athayde Meneghel, 77 anos, ficou em 10º lugar na natação, na prova dos 25 metros nado livre. Já Lucidalva Carvalho, 66 anos, ficou em 6º no atletismo, na prova de 1,2 mil metros.

Incluindo as etapas regionais – em oito cidades-sede – e a final, em Sertãozinho, os Jori movimentaram mais de 14 mil idosos esportistas, representando mais de 400 municípios. A casa da decisão, Sertãozinho, ficou com o título, totalizando 79 pontos. Piracicaba, com 73, e Jundiaí, com 54, fecharam a relação dos três primeiros colocados na final estadual.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter