Ginástica artística tem mais professores e vagas

Com as mudanças, a Administração quer transformar a modalidade esportiva em ferramenta de inclusão social, acessível a todos


A Prefeitura de Hortolândia reestrutura o Centro de Treinamento de Ginástica Artística, com melhorias na estrutura física, nova linha pedagógica, ampliação do número de professores e mais vagas para atender a comunidade. Com as mudanças, a Administração quer transformar a modalidade esportiva em ferramenta de inclusão social, acessível a todos.

As aulas de ginástica artística, uma das modalidades do projeto Escolinhas Esportivas, retornam na próxima semana com novidades para os 170 alunos matriculados. Agora, três professores serão responsáveis pelos treinamentos. Antes havia um profissional. Com o aumento do número de professores, a meta da Administração é aumentar em 30% o número de alunos atendidos nas aulas gratuitas de ginástica artística, saindo de 170 para mais de 220.

“O número de atendimentos vai aumentar. Agora, os professores serão ex-atletas da modalidade, graduados em Educação Física, que trabalharão com a política da inclusão social e da formação do cidadão através do esporte. Esses são os verdadeiros conceitos do Projeto Escolinhas Esportivas”, observa o secretário adjunto de Cultura, Esportes e Lazer, Marcos Panício, o Mercadão.

Foto: Prefeitura de Hortolândia-Divulgação
Durante as férias, o Centro de Treinamento de Ginástica Artística Yasmin Geovana Santos Bonfim passou por revitalização

De acordo com o secretário adjunto, a implantação de novos conceitos pedagógicos e didáticos permite a democratização do esporte e facilita o acesso dos interessados para a prática da modalidade, independente da estrutura física dos alunos.

“Dentro do novo projeto está também a inclusão de pessoas com necessidades especiais no esporte. Esses conceitos aproximarão alunos e pais dos professores, com reuniões mensais”, completa Mercadão.

Agora, as aulas serão realizadas de forma separada por nível e idade, em horários diferentes. Podem participar alunos desde os quatro anos de idade até idosos.

Além do projeto de inclusão e da nova política pública para o esporte, o alto rendimento continuará sendo trabalhado pelos professores no espaço, com o objetivo de formar novos atletas para competições.

“Os alunos continuarão competindo e buscando medalhas. O alto rendimento da nossa equipe será consequência do trabalho de base que será realizado neste modelo da ginástica artística em Hortolândia”, observa o secretário adjunto.

Para mais informações sobre matrículas e disponibilidade de vagas, os interessados podem ligar no telefone (19) 3809-0509.

Espaço Remodelado

Durante as férias do Projeto Escolinhas Esportivas, o Centro de Treinamento de Ginástica Artística Yasmin Geovana Santos Bonfim, localizado dentro do Parque Socioambiental Irmã Dorothy Stang, no Jardim Nossa Senhora de Fátima, passou por revitalização para garantir um lugar mais agradável, com mais conforto aos alunos.

A reestruturação física aconteceu com reforço na pintura, reforma nos aparelhos, parte hidráulica, elétrica, vazamentos e goteiras. Com esses ajustes realizados, o objetivo da Administração é proporcionar um atendimento melhor durante os treinos.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!