Victor Luís explica confusão em jogo do Botafogo: ‘Não era torcedor, me insultou’

O lateral Victor Luís pediu para ser o jogador a dar entrevista após o treino do Botafogo nesta segunda-feira. Ele…


O lateral Victor Luís pediu para ser o jogador a dar entrevista após o treino do Botafogo nesta segunda-feira. Ele queria se explicar pela confusão ocorrida após o empate por 1 a 1 com a Ponte Preta, no último sábado, quando se desentendeu com um homem nas arquibancadas do Luso Brasileiro depois da partida. Segundo o jogador, aquele torcedor estava ali só para insultá-lo.

“Recebi insultos pessoais, e não de um torcedor do Botafogo. Já tinha deixado o campo de cabeça quente, não era o melhor resultado, e fui insultado assim como minha família. Li em matérias que eu subi na arquibancada para pegar o torcedor. Mas não é assim. Temos que passar por lá para pegar os nossos carros. O problema não foi com um torcedor do Botafogo, mas com uma pessoa que foi me insultar. Sou um cara calmo, brincalhão e fiquei muito chateado com o que aconteceu”, declarou.

Victor Luís não escondeu a chateação pelo resultado, que impediu a classificação antecipada do Botafogo à Libertadores. Ele próprio admitiu que estava insatisfeito com a quinta partida consecutiva da equipe sem vitória e que perdeu a cabeça, mas criticou a postura do torcedor com quem se desentendeu.

“Quem vê de fora acha que foi uma coisa extraordinária, soa negativamente, mas não foi o que aconteceu. Nunca tive problema com torcida, sempre respeitei. Meu maior modo de respeitar a torcida é dentro de campo. Tenho me dedicado nas partidas, não importa se estou machucado ou não, e a partir do momento que as críticas chegam, entendo de maneira positiva. Assim procuro melhorar”, afirmou. “Essa pessoa certamente não representa a grande torcida do clube.”

Mas o lateral também falou sobre a necessidade de vitória sobre o Grêmio na última rodada. Se não conseguir o resultado positivo em Porto Alegre, a equipe pode ficar fora da Libertadores. “Trabalhamos muito no dia a dia, da mesma maneira de quando demos a arrancada. É o jogo mesmo, futebol é assim e não teremos só vitórias. Podemos prometer que teremos muita entrega e luta. É nos treinamentos que vamos melhorar e estamos procurando fazer isso.”