Vice-campeão da Libertadores, zagueiro confirma negociação com o Cruzeiro

O Cruzeiro está próximo de fechar sua primeira contratação para 2017. O zagueiro equatoriano Luís Caicedo, vice-campeão da Libertadores deste…


O Cruzeiro está próximo de fechar sua primeira contratação para 2017. O zagueiro equatoriano Luís Caicedo, vice-campeão da Libertadores deste ano com o Independiente Del Valle e titular do seu país nas últimas duas partidas das Eliminatórias, negocia com o clube mineiro e pode ser anunciado em breve. A confirmação foi dada pelo próprio jogador nesta terça-feira.

“Já vinha falando há algum tempo com este clube. Não só este, mas alguns. O clube está fechando com o meu representante e esperamos uma boa notícia para seguirmos tranquilos”, declarou ao site equatoriano masdeportes.ec. “Até agora, não fechou nada. Mas se deus quiser, vai fechar. Porque é uma boa equipe e se chegar esta oportunidade, espero que dê tudo certo.”

A informação da negociação foi dada inicialmente pela imprensa equatoriana, que nesta terça-feira chegou a dar a contratação como confirmada. De acordo com os veículos locais, o jogador de 24 anos e 1,95m de altura já teria acertado as bases de um contrato de cinco anos, que seria assinado nas próximas semanas.

Caicedo não desmentiu a possibilidade do acordo e nem do tempo de contrato. Pelo contrário, se mostrou empolgado com a possibilidade de defender o Cruzeiro. “Pode ser, pode ser (os cinco anos de vínculo). Agora, como te digo, a notícia que tenho é que estão conversando. E se assinar, será bem-vindo.”

Caso a negociação seja confirmada, Caicedo se tornará mais um vice-campeão da Libertadores deste ano a se transferir para o futebol brasileiro. Os meio-campistas Orejuela e Sornoza já foram anunciados como reforços do Fluminense para 2017. O zagueiro Arturo Mina também interessou a Atlético-MG e Flamengo, mas acabou fechando com o River Plate.

No Cruzeiro, Caicedo seria uma nova alternativa para os criticados Bruno Rodrigo e Léo, além da possibilidade de substituir o lesionado Dedé. Seria, também, o quinto equatoriano a vestir a camisa do Cruzeiro, depois de Ulises de la Cruz, Geovanny Espinoza, Fidel Martínez e Joffre Guerrón. “São jogadores que tiveram mercado fora do país. Graças a eles, abriram-se as portas para nós internacionalmente.”