Técnico do União é preso por falta de pagamento de pensão

Treinador Cláudio Britto foi preso por falta de pagamento de pensão alimentícia após partida do União Barbarense na tarde deste sábado


O técnico do União Barbarense, Cláudio Britto, foi preso pela Polícia Militar na tarde deste sábado (18) por falta de pagamento de pensão alimentícia. A prisão ocorreu logo após a derrota do time de Santa Bárbara para o Mogi Mirim por 4 a 1, no Estádio Antonio Guimarães, pela Série A2 do Campeonato Paulista.

Foto: João Carlos Nascimento / O LIBERAL
Técnico Cláudio Britto foi preso por falta de pagamento de pensão alimentícia neste sábado

Até o momento as autoridades não forneceram maiores informações sobre o caso, mas a dívida seria de aproximadamente R$ 9 mil e se arrastava desde 2015, sendo que existe a possibilidade de o treinador seguir detido até segunda-feira (20), já que o pagamento só pode ser feito através de depósito na Caixa Econômica Federal e as agências bancárias não funcionam aos finais de semana.

Seis viaturas da PM participaram da ação, mas Britto foi levado para o Plantão Policial de Santa Bárbara por um funcionário do União Barbarense. O caso deve ser registrado como cumprimento de mandado de prisão, mas não há confirmação sobre se ele permanecerá detido no local até o pagamento ou se será transferido para outra unidade caso siga preso até segunda.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter