Sport esbarra na marcação da Ponte Preta e empata sem gols na Ilha do Retiro

Na prévia de um dos confrontos das oitavas de final da Copa Sul-Americana, Sport e Ponte Preta empataram sem gols,…


Na prévia de um dos confrontos das oitavas de final da Copa Sul-Americana, Sport e Ponte Preta empataram sem gols, neste domingo, no estádio da Ilha do Retiro, no Recife. Os donos da casa pressionaram, mas esbarraram na forte marcação dos paulistas no duelo válido pela 20.ª rodada do Campeonato Brasileiro – a abertura do returno.

Considerando a tabela de classificação, o resultado foi ruim para ambos. O Sport perdeu a chance de se aproximar dos times do G4 – agora ocupa a quinta colocação, com 29 pontos, quatro a menos que o quarto colocado Palmeiras. A Ponte Preta continua nas proximidades da zona de rebaixamento, com 24 pontos. Dois acima da Chapecoense, a primeira equipe na degola.

O primeiro tempo foi basicamente um duelo de ataque contra defesa. O Sport controlou o jogo e chegou a ter quase 70% de posse de bola. O problema é que o time pernambucano foi pouco criativo e abusou dos cruzamentos – foram 17 apenas nos primeiros 45 minutos.

Apesar de pressionada, a Ponte Preta criou a melhor chance da etapa. Logo no primeiro minuto, atacante Lucca puxou contra-ataque, invadiu a área pela esquerda, mas chutou em cima do goleiro Magrão.

Na segunda etapa, o panorama foi muito parecido com a primeira. O Sport seguiu pressionando, mas sem muita efetividade. A Ponte Preta continuou apostando na forte marcação e em alguns raros contragolpes. A melhor oportunidade foi para os donos da casa. Aos 24 minutos, o meia Diego Souza cobrou falta no travessão e deixou a torcida com o grito de gol engasgado.

Pela 21.ª rodada, no próximo domingo, às 16 horas, o Sport encara o Cruzeiro, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. Enquanto isso, a Ponte Preta recebe o Botafogo, no mesmo dia e horário, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

FICHA TÉCNICA

SPORT 0 x 0 PONTE PRETA

SPORT – Magrão; Raul Prata, Oswaldo Henríquez, Ronaldo Alves e Mena; Patrik (Anselmo), Rithely (Thallyson) e Diego Souza; Everton Felipe, André e Lenis (Juninho). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

PONTE PRETA – Aranha; Jeferson, Rodrigo, Luan Peres e Danilo Barcelos; Naldo, Jadson (Wendel), Jean Patrick (Saraiva) e Léo Arthur; Maranhão (Nino Paraíba) e Lucca. Técnico: Gilson Kleina.

CARTÕES AMARELOS – Thallyson (Sport); Lucca (Ponte Preta).

ÁRBITRO – Leandro Pedro Vuaden (RS).

RENDA – R$ 264.169,00.

PÚBLICO – 12.967 pagantes.

LOCAL – Estádio da Ilha do Retiro, no Recife (PE).

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter