Ricardo Gomes tem problema para escalar a defesa

Buffarini, Maicon e o reserva Lugano receberam o terceiro cartão amarelo e não poderão enfrentar a Ponte Preta, no sábado, pelo Campeonato Brasileiro


O técnico Ricardo Gomes vai quebrar a cabeça para montar a defesa do São Paulo para o jogo do próximo sábado, contra a Ponte Preta, às 17 horas, no Morumbi, válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Buffarini, Maicon e o reserva Lugano receberam o terceiro cartão amarelo contra o Fluminense e não poderão jogar.

Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net / Divulgação
Jovem zagueiro Lyanco, recuperado de lesão, treinou normalmente e deve ficar com a vaga de zagueiro ao lado de Rodrigo Caio

Para a lateral direita, o mais provável é que Wesley seja escalado para suprir a ausência do argentino. O jovem Auro corre por fora, mas a tendência é que o volante atue improvisado, como fez no segundo tempo do duelo contra o Fluminense. Wesley já foi escalado na função em outras oportunidades e tem experiência para atuar no setor.

Já na zaga, sem o titular Maicon, a tendência seria o uruguaio Lugano ganhar uma chance novamente. Só que o defensor levou o cartão amarelo quando estava no banco de reservas e ficou suspenso. Ele ficou muito irritado, conversou com o árbitro ao final da partida, mas nada adiantou e sua punição já consta na súmula da partida.

Com isso, Rodrigo Caio terá um novo parceiro na defesa. Se Lyanco estiver bem, deve ser o titular – o atleta está em fase final de recuperação de lesão. Caso não esteja 100%, o zagueiro Douglas, contratado no meio da temporada, deve ganhar sua primeira chance na equipe do São Paulo. Pesa contra ele a falta de ritmo de jogo e entrosamento.