Presidente do Uruguai trata briga que cancelou clássico como ‘morte anunciada’

A violência em estádios de futebol está novamente no centro das discussões no Uruguai. No domingo, o confronto entre torcedores…


A violência em estádios de futebol está novamente no centro das discussões no Uruguai. No domingo, o confronto entre torcedores do Peñarol e a polícia, antes do clássico contra o Nacional, o maior do país, deixou três policiais feridos e mais de 170 pessoas presas. A partida foi cancelada.

Nesta segunda-feira, o presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, comentou o episódio. Mesmo na Espanha, falou que o que aconteceu no Estádio Centenário foi “a crônica de uma morte anunciada” e avisou que o governo vai reprimir os torcedores radicais. “Os violentos se sentem impunes, porque os dirigentes do futebol não podem com eles”, disse Vázquez.

Ele ressaltou que esse não é um trabalho fácil, mas que a polícia precisa agir com energia. “Se a polícia desce o cassetete, depois não digam que a polícia é que é má. Vamos reprimir. Isso acabou”, avisou o presidente.

A confusão no Centenário começou quando um grupo de torcedores do Peñarol saqueou uma lanchonete da chamada “tribuna Ámsterdam”, onde ficam os aurinegros. Os torcedores começaram então a jogar os objetos roubados pelo estádio, atirando um botijão de gás sobre a polícia, que estava fora do estádio.

Quando a polícia agiu, deteve mais de 170 pessoas, dentro e fora do estádio. De acordo com o jornal El País, um dos principais do país, nenhum deles continua preso na tarde desta segunda-feira.

Do ponto de vista esportivo, agora discute-se se o jogo deve ser realizado em outra data, ou se o Peñarol deve ser declarado perdedor. O Nacional é vice-líder do Campeonato Uruguaio, com 25 pontos, contra 26 do Danúbio, que tem uma partida a mais. O Peñarol é só o 11.º.

Liberal Motors – BC
Revista L – BC.1

O Campeonato Uruguaio de 2016 é excepcional, porque marca a transição entre o calendário europeu o sul-americano. A competição terá apenas um turno, neste segundo semestre. A partir do ano que vem, o Uruguaio vai de fevereiro a dezembro, com três torneios: Apertura, Intermedio e Clausura.