Paraná e Paysandu ficam no 0 a 0 e seguem sem tomar gols na Série B do Brasileiro

Paraná e Paysandu chegaram à segunda rodada entre os líderes da Série B do Campeonato Brasileiro e com as defesas…


Paraná e Paysandu chegaram à segunda rodada entre os líderes da Série B do Campeonato Brasileiro e com as defesas ainda sem sofrer gols. Nesta sexta-feira, as duas equipes se enfrentaram no estádio Durival de Britto, em Curitiba, e mantiveram a escrita com um empate por 0 a 0.

O time da casa já disputou um jogo a mais, pois bateu o Goiás por 2 a 0 em partida antecipada da quarta rodada, e chega a cinco pontos. O Paysandu, que estreou com vitória pelo mesmo placar sobre o Oeste, está agora com quatro. E arranca um ponto longe de casa, onde perdeu o título da Copa Verde, na última terça-feira, diante do Luverdense.

O primeiro tempo foi equilibrado, com o Paraná mais presente no campo de ataque, mas com poucas chances claras de gol. Nas melhores oportunidades, o centroavante Daniel Morais finalizou para fora ou parou no goleiro Marcos.

Fechado, o Paysandu tentava responder em contra-ataques, mas tinha dificuldade para fazer a bola chegar até o experiente Marcão. Ele se destacava nas disputas com a defesa adversária, mas brigava sozinho, muito isolado.

Na segunda etapa, os visitantes cresceram e passaram perto de abrir o marcador, mas o goleiro Leo também mostrou elasticidade para segurar a igualdade. Sem muita inspiração nos minutos finais, o Paraná foi empurrado pelos mais de três mil torcedores presentes, mas não conseguiu a vitória.

Os dois clubes voltam a campo no próximo dia 27, um sábado, pela terceira rodada da Série B. O Paraná visita o Juventude no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), e o Paysandu recebe o Internacional no estádio Mangueirão, em Belém.

FICHA TÉCNICA

PARANÁ 0 x 0 PAYSANDU

PARANÁ – Leo; Cristovam, Wallace (Igor), Eduardo Brock e Rayan; Jhony (Felipe Alves), Leandro Vilela, Renatinho e Guilherme Biteco (Robson); Minho e Daniel Morais. Técnico: Cristian de Souza.

PAYSANDU – Marcos; Ayrton, Perema, Gilvan e Peri; Wesley, Rodrigo Andrade (Hayner), Augusto Recife e Fernando Gabriel (Ricardo Capanema); Wellinton Junior (Tiago Mandi) e Marcão. Técnico: Marcelo Chamusca.

CARTÕES AMARELOS – Rayan e Minho (Paraná); Ayrton, Gilvan, Welinton Junior e Tiago Mandi (Paysandu).

ÁRBITRO – Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE).

RENDA – R$ 51.425,00.

PÚBLICO – 2.790 pagantes (3.296 no total).

LOCAL – Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR).