No sufoco, Rio Branco bate Rio Preto por 1 a 0

Tigre marca no primeiro tempo, e conta com milagres do goleiro Diego Pato para vencer por 1 a 0 em jogo válido pela Série A3 do Campeonato Paulista


Com gol de Marcos Alemão, milagres de Diego Pato e sufoco no final, o Rio Branco venceu o Rio Preto por 1 a 0 na tarde desta quarta-feira (14), no estádio Antonio Lins Ribeiro Guimarães, em Santa Bárbara d’Oeste. A segunda vitória do Tigre em nove rodadas do Campeonato Paulista da Série A3 ainda não serviu para tirar o time da zona de rebaixamento, mas ao menos a distância para o primeiro clube fora do Z6 diminuiu de cinco para dois pontos – a diferença pode variar até o encerramento da rodada.

Foto: Marcelo Rocha - O Liberal.JPG
Com gol de Marcos Alemão, milagres de Diego Pato e sufoco no final, o Rio Branco venceu o Rio Preto por 1 a 0

O jogo teve apenas 71 torcedores presentes. O silêncio das arquibancadas parece ter contagiado os jogadores, tanto que o primeiro tempo foi quase sonolento. Se estavam bem posicionados na defesa, apostando em duas linhas com quatro homens quando atacados, os dois times abusavam dos passes errados e não conseguiam criar oportunidades.

Mas quando o Rio Branco intensificou o ritmo, a rede enfim balançou. Antes de abrir o placar, o Tigre quase fez aos 37 minutos, quando Cesinha abriu para Duduzinho, que cortou para o meio e bateu para fora. Aos 40, Cristofer Goiano cobrou falta da intermediária, a bola desviou no meio do caminho e quase surpreendeu o goleiro Poti. Na cobrança do escanteio de Cesinha, no minuto seguinte, Marcos Alemão subiu mais alto e cabeceou no canto direito, abrindo o placar para o Tigre: 1 a 0.

O segundo tempo foi de pressão do Rio Preto. Aos 6 minutos, Jonathan Ribeiro fez linda jogada, com direito a caneta em Keitá e drible seco em Alemão. Ele chutou com efeito e a bola passou por cima, rente ao travessão. Depois dos 25 minutos, o “São Diego” entrou em ação. O goleiro riobranquense voou para salvar falta batida por Jonathan que ia no ângulo, e ainda fez outro milagre no rebote. Aos 29, a bola sobrou livre para Maycon na área, e Diego Pato novamente se atirou para impedir o empate dos visitantes.

O Rio Branco teve a chance de matar a partida aos 37, depois de Bruno Andrade ganhar dividida e servir Frank, mas o atacante alvinegro demorou para chutar e foi travado pelo goleiro Poti. Nos acréscimos, Dio Santos levantou falta para a área, a bola desviou e, para sorte do Tigre, tocou na parte de cima do travessão e saiu. Os dois times voltam a campo neste sábado (17), às 16 horas. O alvinegro visita o Desportivo Brasil, enquanto o Rio Preto recebe o Atibaia.

FICHA TÉCNICA

RIO BRANCO 1 x 0 RIO PRETO

RIO BRANCO Diego Pato; Higor, Marcos Alemão, Tiago Bernardi e Hugo Figueiredo; Keitá, Cristofer Goiano (Luiz Paulo), Cesinha e Adriano Pimenta; Duduzinho (Bruno Andrade) e Frank. Técnico: Jânio Fialho.

RIO PRETO Poti; Gabriel Luiz (Dio Santos), Emerson, Henrique Perrucci e Marcelo Vilela; Jô, Leo Coca (Jonathan Cícero), Lenine (Leo Ribeiro) e Jean Batista; Caio Cesar e Caihame. Técnico: Rodrigo Fonseca.

GOLS: Marcos Alemão, aos 41’/1T (Rio Branco).

ÁRBITRO: Leonardo Ferreira Lima.

CARTÕES AMARELOS: Duduzinho e Diego Pato (Rio Branco); Gabriel Luiz e Caihame (Rio Preto).

PÚBLICO: 71 pagantes.

RENDA: R$ 320,00.

LOCAL: Estádio Antonio Lins Ribeiro Guimarães, em Santa Bárbara d’Oeste (SP).

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!