Netto fecha o gol e Rio Branco vence a primeira

Equipe de Americana deixou a lanterna do grupo 2 da Copa Paulista e subiu duas posições, para o quinto lugar, com seis pontos ganhos


Mostrando eficiência quando chegou ao ataque, e com Netto fechando o gol, o Rio Branco venceu a primeira na Copa Paulista. O Tigre fez 2 a 0 no então invicto Atibaia na tarde desta sexta-feira, no estádio Ítalo Mário Limongi, em Indaiatuba, e abriu o returno da competição mantendo as esperanças de classificação. Tiago Bernardi, no primeiro tempo, e Frank, nos acréscimos da etapa final, marcaram os gols do alvinegro.

O confronto abriu a sétima rodada do grupo 2. O Rio Branco deixou a lanterna da chave e subiu duas posições, alcançando o quinto lugar, com seis pontos. Já o Atibaia caiu para terceiro, com dez. A partida teve apenas 31 “testemunhas” nas arquibancadas. Atuando em campo neutro, o Tigre tentou tomar a iniciativa, mas o Atibaia foi mais incisivo nos primeiros minutos. Aos 8, Júlio cabeceou mal em cobrança de escanteio.

Foto: Reprodução / TV FPF
Comemoração do gol marcado por Tiago Bernardi, no primeiro tempo

Aos 25 minutos, o goleiro Netto começou a aparecer. O camisa 1 do Rio Branco fez boa defesa em chute de Elvinho, da entrada da área. Dois minutos depois, ele salvou em arremate de Gueguel. Quando parecia que o Atibaia sairia na frente, o Tigre abriu o placar aos 32 em escanteio batido por Cesinha que encontrou a cabeça do zagueiro Tiago Bernardi: 1 a 0. No minuto seguinte, Cesinha mandou uma bomba de fora da área e quase ampliou.

O alvinegro voltou a balançar as redes aos 35, quando Marcelinho aproveitou rebote de Leandro, mas a arbitragem anulou o gol assinalando impedimento. No lance, o goleiro do Atibaia se lesionou e foi substituído no intervalo. No primeiro minuto do segundo tempo, o atacante Júlio também sentiu dores e deixou o campo. O Rio Branco teve dificuldades para encontrar espaços na etapa final e viu Netto salvar a equipe em faltas batidas por Vinicius Pequeno e Elvinho.

Para complicar, Rafael Rufino levou o segundo cartão amarelo aos 26 e foi expulso. Com um a menos, o Tigre voltou a contar com a atuação inspirada de seu goleiro, que fez milagre em cabeçada de Paulo Moraes, aos 43. E, na base do contra-ataque, o alvinegro matou o jogo. Pablo arrancou com velocidade aos 45 minutos, Frank se antecipou do goleiro Ariel e desviou a bola, que entrou lentamente: 2 a 0.

Revigorado, o Rio Branco volta a campo sábado que vem, diante do Desportivo Brasil, às 15 horas, no estádio Décio Vitta, em Americana. No mesmo dia, o Atibaia visita a Inter de Limeira.

Ficha técnica:

Atibaia 0x2 Rio Branco

ATIBAIA
Leandro (Ariel); Nando, Ygor, Danilo e Guilherme; Thierry (Paulo Moraes), Rogerio Maranhão, Elvinho e Vinicius Pequeno; Júlio (Caio) e Gueguel. Técnico: Luiz Muller.

RIO BRANCO
Netto; Pablo, Tiago Bernardi, Rafael Rufino e Michel (João Victor); Cesinha, Nicolas (Higor), Tiago Tremonti e Frank; Marcelinho (Lucas Duni) e Afonso. Técnico: Edson Vieira.

GOLS: Tiago Bernardi, aos 32’1T e Frank, aos 45’2T.

CARTÕES AMARELOS: Nicolas, Rafael Rufino, Tiago Tremonti e Netto (Rio Branco).

CARTÃO VERMELHO: Rafael Rufino (Rio Branco).

ÁRBITRO: Humberto Jose Junior.

LOCAL: Estádio Ítalo Mário Limongi, em Indaiatuba (SP).

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter