Líder, Corinthians joga para ampliar vantagem sobre rival direto na luta por topo

Único invicto do Brasileiro, o Corinthians vai defender esta condição contra um adversário que está sem perder como mandante


Foto: Rodrigo Gazzanel / Agência Corinthians
A equipe de Carille tem como novidades o retorno do lateral Fagner e do meia Rodriguinho

Líder do Campeonato Brasileiro, o Corinthians vai ter neste domingo pela primeira vez um confronto direto com outro adversário do bloco dos primeiros colocados. Portanto, se o time do técnico Fábio Carille mantiver a sequência de vitórias e superar o Coritiba no duelo que começa às 11 horas, no Couto Pereira, terá pelas próximas rodadas um rival a menos no seu encalço.

A última rodada terminou com o Corinthians com cinco pontos a mais do que o Coritiba. O empate sem gols em casa contra o Bahia, na quinta-feira, foi frustrante para o time paranaense, pois impossibilitou a equipe de conseguir, em caso de vitória sobre o líder neste domingo, empatar com os alvinegros no número de pontos. Assim, o Coritiba também terminou a rodada em terceiro lugar, atrás do vice-líder, que na mesma quinta-feira bateu o Fluminense, no Maracanã, e foi aos 18 pontos.

Único invicto do Brasileiro, o Corinthians vai defender esta condição contra um adversário que está sem perder como mandante. “No Brasileiro não tem jogo fácil, muitas vezes você perde pontos para equipes que estão na zona de rebaixamento. Estamos em uma sequência difícil, mas o nosso momento no ano é muito positivo”, comentou o volante corintiano Maycon.

A equipe de Carille tem como novidades o retorno do lateral Fagner e do meia Rodriguinho. A dupla perdeu três jogos do Campeonato Brasileiro enquanto defendia a seleção brasileira em amistosos na Austrália e se reapresentou ao trabalho na tarde de sexta-feira. O treinador corintiano não terá o meia Jadson. Com desgaste físico e dores musculares, o jogador será poupado e não viajou sequer com a delegação.

Apesar disso, o time confia no retrospecto e na boa fase de Marquinhos Gabriel, mantido como titular para substituir Jadson. “Estamos invictos há 20 jogos. Isso nos dá muito moral e confiança, porque não é fácil jogar sem perder. Ainda mais que tivemos jogos difíceis, da fase final do Paulista”, relembrou o lateral Guilherme Arana.