Levir Culpi evita lamentar possíveis saídas de jogadores do Santos

O contrato de Lucas Lima com o Santos vai só até o final do ano e o jogador prefere não…


O contrato de Lucas Lima com o Santos vai só até o final do ano e o jogador prefere não falar mais sobre o assunto. Ele sabe que existe uma pressão para renovar com o clube, mas avisou que quem vai cuidar das negociações é seu pai e ele preferiu se manifestar pela última vez sobre o assunto.

“Ainda não me decidi. Quero ser feliz onde eu estiver e sei que fico aqui até o final do ano. Não quero mais falar sobre isso. Quanto menos eu falar e mais jogar, melhor pra mim. Tenho de mostrar serviço para estar na seleção”, comentou o jogador, que tem propostas de outras equipes, inclusive times do exterior.

Outro jogador que pode deixar o clube é o volante Thiago Maia, que tem proposta da Europa e tem grandes chances de sair. Contra a Ponte Preta, o jogador tomou o terceiro cartão amarelo e desfalca o Santos na próxima partida do Campeonato Brasileiro. Para o técnico Levir Culpi, não adianta sofrer antecipadamente com possíveis saídas de jogadores.

“Quando vai sair um jogador do clube, e vejo isso como inevitável, eu reúno todo mundo e falo que vai melhorar, pois é a oportunidade aparecendo para outro. O futebol é assim, feito de oportunidades, e eu penso dessa maneira. Então se temos um jogador negociado, ou machucado, isso abre oportunidade para outro”, afirmou o treinador, após o empate sem gols com a Ponte Preta, na noite de sábado, no Pacaembu.

O técnico do Santos explica que o elenco do clube é grande, ainda mais se levar em conta os atletas do sub-20. “Temos muitos jovens e a perspectiva é boa. Por isso eu não lamento isso que acontece, pois não vou conseguir parar com essa situação de saída de jogador”, completou Levir Culpi.