Irmão de Ronaldinho promete ajudar Chapecoense com ‘amistoso ou vínculo maior’

A tragédia sofrida pela Chapecoense gerou comoção de todo o mundo, e não foi diferente nas redes sociais. Em seu…


A tragédia sofrida pela Chapecoense gerou comoção de todo o mundo, e não foi diferente nas redes sociais. Em seu perfil no Twitter e no Instagram, Ronaldinho Gaúcho publicou uma foto homenageando Matheus Biteco, uma das vítimas do acidente aéreo. A postagem deu início a uma campanha para que o meia defenda o clube de Chapecó na próxima temporada.

Diversas pessoas passaram a utilizar a hashtag #ronaldinhonachape e comentar sobre a possibilidade do jogador de 36 anos colaborar, desta maneira, no processo de reconstrução do time.

A rápida repercussão da campanha nas redes sociais surpreendeu o irmão de Ronaldinho, em entrevista ao Estado. Assis, que também é empresário do jogador, admitiu certo desconforto com o pedido dos fãs, mas não descartou ajudar, com um jogo amistoso ou mesmo um “vínculo” com o clube catarinense.

“Está tudo tão recente, muito sentido. Na hora oportuna, de alguma maneira, estamos dispostos a ajudar. Não sei se com uma partida ou com um vínculo maior. É uma situação desconfortável para todos, porque tínhamos amigos, conhecidos lá. Estão todos sofrendo muito e só o que somos são brasileiros querendo ajudar”, disse Assis ao Estado.

Ronaldinho Gaúcho está sem clube desde que deixou o Fluminense, em setembro de 2015. De lá pra cá, disputou alguns amistosos ao redor do mundo. A Chapecoense, por sua vez, já anunciou que começará o planejamento de 2017 na próxima semana.