Grêmio assiste vitória do Pachuca e treina desfalcado de Kannemann

O Grêmio realizou neste sábado o segundo treino em Al Ain, nos Emirados Árabes Unidos, de olho na estreia no…


O Grêmio realizou neste sábado o segundo treino em Al Ain, nos Emirados Árabes Unidos, de olho na estreia no Mundial de Clubes, horas depois de conhecer seu adversário na semifinal da competição. Mais uma vez o técnico Renato Gaúcho não conseguiu contar com todos os jogadores à disposição.

Os zagueiros Kannemann, Bressan e Bruno Rodrigo correram ao redor do campo e não participaram da atividade. O primeiro, que é o titular da posição, se recupera de uma gripe. Bressan tem problema muscular e Bruno Rodrigo sofreu uma torção no tornozelo esquerdo.

O lateral-direito Edílson deixou o treino mais cedo, mas não deve ser problema para a partida de estreia. A única baixa certa na formação titular é o volante Arthur, que nem foi inscrito no Mundial por conta de uma lesão.

Renato Gaúcho comandou um treino técnico, com o elenco dividido em duas equipes, usando apenas metade do gramado. O volante Ramiro, poupado da atividade na sexta-feira, atuou como curinga para os dois times. O Grêmio volta a treinar na tarde deste domingo, en trabalho que será fechada à imprensa.

DE OLHO NO ADVERSÁRIO – Antes de deixar o hotel até o estádio Tahnoun Bin Mohammed, onde treinou, a delegação gremista acompanhou a vitória do Pachuca sobre Wydad Casablanca por 1 a 0, na prorrogação. O presidente Romildo Bolzan e outros dirigentes do clube acompanharam a partida no estádio em Abu Dabi.

O Grêmio enfrentará o Pachuca, do México, na próxima terça-feira, às 15 horas (de Brasília), em Al Ain. A outra semifinal será na quarta-feira, também às 15 horas, no duelo entre o Real Madrid e Al Jazira, que derrotou o Urawa Red Diamonds por 1 a 0.

Após conhecer o adversário de estreia, o técnico Renato Gaúcho falou sobre a expectativa da delegação no Mundial de Clubes. “Todo mundo quer ganhar do Grêmio, do Real Madrid… Uma semifinal é sempre difícil. Tenho um grupo consciente, bastante responsável, nós assistimos ao jogo juntos, eles sabem exatamente o que deve ser feito, até porque ganhamos uma Libertadores jogando de uma maneira. Não tem por que mudar, então, essa consciência é fundamental”, disse à GrêmioTV, o canal de vídeos do clube no YouTube.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter