Garotos do São Paulo passam no teste em virada sobre o Fluminense

A virada do São Paulo sobre o Fluminense ocorreu no segundo tempo com a entrada de dois jovens jogadores, David…


A virada do São Paulo sobre o Fluminense ocorreu no segundo tempo com a entrada de dois jovens jogadores, David Neres e Pedro Bortoluzo. Eles foram colocados em campo quando o time perdia por um gol para os cariocas, mas saíram felizes após a vitória por 2 a 1 que deixou o time um pouco mais distante da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

David Neres foi o primeiro a entrar e deu um novo padrão para o ataque da equipe. Aos 19 anos, ele entrou no lugar de Robson e pareceu não sentir o peso da camisa. “Estava me sentindo em casa, como se estivesse jogando em Cotia. O São Paulo estava precisando de uma vitória. Dedico ela ao São Paulo”, comentou o garoto.

O técnico Ricardo Gomes aproveitou para elogiar o pupilo. “Coloquei porque tem treinado muito bem, por isso ganhou essa chance. A dúvida que tinha para colocá-lo era por causa da situação que vivemos. Mas ele tem personalidade. Foi uma boa surpresa para todos, é um jogador que vai crescer bastante no São Paulo”, explicou.

David Neres infernizou a defesa do Fluminense atacando pelo lado direito. O lateral Giovanni tinha muita dificuldade na marcação e não conseguia brecar o ímpeto do menino, que queria mostrar serviço. Depois, Pedro entrou no lugar de Chávez, passando a atuar mais dentro da área. “Estou feliz com a vitória e por termos somado mais pontos”, resumiu.

Para o próximo duelo, contra a Ponte Preta, sábado, no Morumbi, o São Paulo tem sérios problemas na defesa. Buffarini e Maicon levaram o terceiro cartão amarelo e cumprem suspensão automática. Lugano, que seria o substituto na zaga, também foi punido no banco de reservas e não poderá atuar. Com isso, Ricardo Gomes terá de quebrar a cabeça para montar o time.