Eurico elogia passagem de Jorginho, que celebra ‘volta da honra’ no Vasco

Mesmo após ter comandando o time na campanha que confirmou o retorno à Série A, o técnico Jorginho não continuará…


Mesmo após ter comandando o time na campanha que confirmou o retorno à Série A, o técnico Jorginho não continuará no Vasco para a próxima temporada. Nesta segunda-feira, o presidente do clube, Eurico Miranda, anunciou a saída do treinador. Além dele, deixam a equipe o auxiliar Zinho e o preparador físico Joelton Urtiga.

O anúncio oficial foi feito por Eurico em São Januário, durante entrevista coletiva na qual ele estava ao lado de Jorginho e de Zinho. O mandatário vascaíno primeiro elogiou o trabalho do técnico, mas depois declarou que não ficou satisfeito com a campanha do Time na Série B, na qual terminou em terceiro lugar.

“Tentam minimizar, mas o Vasco foi campeão estadual invicto, passou 30 e tantos jogos invicto na direção dele (Jorginho) como treinador”, lembrou Eurico. “Apesar de toda campanha feita, a torcida não ficou satisfeita, e eu mais do que ninguém também não fiquei satisfeito.”

Jorginho havia chegado ao clube em meio à desastrosa temporada de 2015. O treinador pegou o time em situação desesperadora na Série A e emendou uma sequência de bons resultados, mas insuficientes para evitar a terceira queda do clube à Série B. O trabalho, porém, foi valorizado por Eurico, que manteve o técnico para esta temporada. “Nosso projeto era trazer honra ao Vasco. Por pouco não permanecemos na primeira divisão. O trabalho foi muito bem feito”, avaliou Jorginho nesta segunda.

Este ano, Jorginho ajudou o Vasco a conquistar o Campeonato Carioca de forma invicta, e teve um bom desempenho no primeiro turno da Série B. No returno, porém, a equipe caiu de produção e chegou à última rodada da competição sem ter o acesso assegurado.

“Nosso maior objetivo era levar o Vasco à primeira divisão. Queríamos muito que fosse diferente e fica aqui minha desculpa. O final foi dramático, tirei um peso das minhas costas. Não podíamos ter isso do Vasco não subir em nossas carreiras”, disse Jorginho, que mesmo assim enalteceu o fato de o clube ter passado a Série B inteira na zona de acesso.

O treinador deixa a equipe após um ano e quatro meses. No período, foram 85 jogos pelo Vasco, com 43 vitórias, 24 empates e 18 derrotas.