Nyã Baobá – SB.1

Em nome da família, Cuca deve dar adeus em breve ao Palmeiras

O técnico Cuca pode anunciar sua saída do Palmeiras até o fim da semana. O treinador está dividido sobre o…


O técnico Cuca pode anunciar sua saída do Palmeiras até o fim da semana. O treinador está dividido sobre o que fazer no futuro, mas parece já ter definido que não ficará no campeão brasileiro. Existe, inclusive, a possibilidade de ele não ficar no banco de reservas na partida contra o Vitória, domingo, em Salvador.

O treinador já comunicou para a diretoria palmeirense que não tem intenção de permanecer, mas os dirigentes acreditam que podem reverter a situação, oferecendo a ele um projeto especial, em reunião que deve ocorrer terça ou quarta-feira.

No ano passado, o treinador decidiu deixar o futebol chinês para viajar, fazer cursos na Europa e também dar mais atenção para a família, em especial à mulher, que se recuperava de um problema de saúde. Entretanto, Cuca se animou com a possibilidade de comandar o Palmeiras e adiou os planos.

Propenso a tirar um ano sabático para dar atenção à família, o treinador foi surpreendido com mais uma tentadora oferta do futebol chinês. Embora a proposta seja muito boa, ele não deve aceitar o convite.

Sempre que perguntado sobre o tema, Cuca se esquiva, mas fez questão de avisar ao Palmeiras seu interesse em sair, justamente para que o clube tenha tempo de conseguir contratar um novo comandante neste ano. Além disso, ele não queria que o assunto atrapalhasse a concentração dos jogadores na reta final do campeonato.

O nome mais comentado no clube é de Roger Machado, que deixou o Grêmio em setembro. O diretor de futebol, Alexandre Mattos, já entrou em contato com o treinador, mas ainda fará uma nova tentativa de manter Cuca, embora saiba que a situação é difícil de ser revertida.

Um plano B é efetivar Alberto Valentim, que tem sido auxiliar dos últimos técnicos e deve comandar a equipe no domingo, caso Cuca resolva deixar o clube antes do término do Campeonato Brasileiro.

O elenco volta aos treinos na quarta-feira, possivelmente já com a definição sobre o futuro do treinador. Embora já seja campeão, os jogadores palmeirenses garantem que vão a campo com seriedade, já que o Vitória ainda briga para se safar do rebaixamento e a partida interessa a outros clubes na luta contra a queda.