Em meio ao drama da Chapecoense, Vasco anuncia volta do técnico Cristóvão Borges

No dia em que o futebol brasileiro parou por causa do trágico acidente na Colômbia com a queda do avião…


No dia em que o futebol brasileiro parou por causa do trágico acidente na Colômbia com a queda do avião em que estavam jogadores, comissão técnica e dirigentes da Chapecoense, além de jornalistas e tripulantes, o Vasco divulgou nesta terça-feira em seu site oficial a contratação do técnico Cristóvão Borges. Ele substitui Jorginho, demitido no dia anterior.

No último sábado, depois de muito sofrimento, o Vasco derrotou o Ceará de virada por 2 a 1, no estádio do Maracanã, no Rio, e conseguiu o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro. Já visando a temporada de 2017, acertou rapidamente com Cristóvão Borges, que retorna ao clube após quatro anos.

Em sua primeira passagem por São Januário, entre as temporadas de 2011 e 2012, o profissional era auxiliar e assumiu o comando do Vasco quando Ricardo Gomes sofreu um AVC e teve de se afastar do futebol. Neste período de trabalho, levou o clube ao título da Copa do Brasil de 2011, ao vice no Campeonato Brasileiro do mesmo ano e uma boa campanha na Copa Sul-Americana. Em 2012, chegou até as quartas de final da Copa Libertadores.

Em virtude do acidente na Colômbia, a apresentação do novo treinador ainda não tem data para acontecer. Em 78 partidas como treinador do Vasco, Cristóvão Borges obteve 41 vitórias, 18 empates e 19 derrotas. Mas seus últimos trabalhos em clubes como Bahia, Fluminense, Atlético Paranaense e, mais recentemente, Corinthians não tiveram bons resultados.