Em busca da reabilitação, Internacional recebe o ameaçado Figueirense na Série B

Após ver a sequência de seis vitórias seguidas ser interrompida com a derrota para o Juventude, no último final de…


Após ver a sequência de seis vitórias seguidas ser interrompida com a derrota para o Juventude, no último final de semana, e consequentemente a perda da liderança do Campeonato Brasileiro da Série B, o Internacional recebe o Figueirense neste sábado, às 16h30, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 24.ª rodada.

E nada melhor para se reabilitar do que jogar em casa, onde vem de cinco vitórias seguidas pela Série B – há duas semanas perdeu para o Atlético Mineiro, mas pela Copa da Primeira Liga. Na vice-liderança, o Internacional tem 42 pontos. Por outro lado, o Figueirense está na zona de rebaixamento, com 25, e tem apenas três vitórias como visitante.

O técnico Guto Ferreira definiu o time, sem mistério durante treinamento realizado debaixo de chuva na manhã desta sexta-feira, em Porto Alegre. São três mudanças em relação aos 11 titulares que enfrentaram o Juventude na última rodada.

Na defesa, Ernando será o substituto de Klaus, que passou por uma cirurgia no braço e não vai mais jogar neste ano. O volante Rodrigo Dourado retorna de suspensão e o meia argentino D’Alessandro de contusão nos lugares de Charles e Felipe Gutiérrez, respectivamente.

“Não é o momento de discriminar ninguém. É o momento de fortalecer o grupo. Oportunidade melhor que essa, de mostrar o valor e ajudar a reverter o que ocorreu no ano passado, não existe”, disse Guto Ferreira, que saiu em defesa de Ernando, criticado pela torcida desde o rebaixamento no Brasileirão do ano passado.

O Figueirense também realizou o seu último treinamento nesta sexta-feira em atividade aberta para os torcedores, que foram até o estádio Orlando Scarpelli passar confiança aos jogadores. O técnico Milton Cruz não terá o lateral-esquerdo Lazaroni e o atacante Jorge Henrique, lesionados, além do volante Zé Antônio, suspenso.

O objetivo é comprovar a evolução técnica. Na última rodada, o time catarinense empatou por 1 a 1 com o Boa, em Varginha (MG), e antes tinha vencido em casa o Guarani por 2 a 1. Os destaques ficam para os experientes meias Xuxa e Zé Eduardo, além do atacante Henan, goleador do time com 10 gols. Ele tem um gol a menos do que Tiago Marques (Juventude) e Jonatas Belusso (Londrina), que dividem a ponta da artilharia.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter