Dorival elogia espírito de luta e quer mais equilíbrio nos próximos jogos

Treinador fez questão de elogiar também a postura de Jucilei, que começou na reserva, entrou no segundo tempo e deu nova dinâmica ao time


Foto: Paulo Pinto - saopaulofc.net
Para Dorival Junior, a entrega dos atletas neste domingo deverá servir como modelo para os próximos compromissos do time

O treinador Dorival Júnior admitiu que as mudanças que promoveu na equipe do São Paulo em sua primeira semana livre de treinamentos desde a sua contratação não surtiram muito efeito. No entanto, o comandante fez questão de destacar o “espírito de luta” de seus jogadores para conseguir a virada por 3 a 2 sobre o Cruzeiro, neste domingo, que garantiu a saída provisória da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

“Espero ter equilíbrio no jogo seguinte para termos mais lucidez com a bola nos pés. Isso é um fato importante a se corrigir, além de outros posicionamentos. Só tenho de enaltecer o espírito de luta. Diziam que, se tomássemos um gol, tomaríamos mais, e Cruzeiro teve oportunidade para isso, mas neutralizamos”, disse.

Para Dorival Junior, a entrega dos atletas neste domingo deverá servir como modelo para os próximos compromissos do time. “Se não houver entrega grande, podemos jogar melhor do que hoje (domingo), ter posse de bola, melhores ações e, dificilmente, teremos resultado. Se aliar esse espírito com lucidez, troca de passes mais incisiva, podemos crescer. Foi um resultado importante e pensamos no jogo seguinte, fundamental, decisão para nós”.

O treinador fez questão de elogiar também a postura de Jucilei, que começou na reserva, entrou no segundo tempo na vaga de Éder Militão e deu nova dinâmica ao time. “Militão treinou muito bem, mas não repetiu hoje. É um garoto ainda. Vinha mostrando ótima condição, porém, dentro dos 45 minutos iniciais a própria equipe não o ajudou. Jucilei entrou dentro das correções que propusemos e sua entrada, liderança em campo, forma de atuar, deu mais equilíbrio ao time”.

O São Paulo volta a campo apenas no próximo domingo, quando encara o Avaí no estádio da Ressacada, em Florianópolis. Para a partida, Dorival Junior não poderá contar com o atacante argentino Lucas Pratto, expulso no fim da partida contra o Cruzeiro. O meia peruano Cueva, que estava suspenso nesta rodada, volta a ficar à disposição.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter