Décio Vitta é interditado; Rio Branco garante jogo em casa

Problema virou rotina no clube, mas diretoria garante ter todos os laudos necessários para a segunda rodada


Foto: João Carlos Nascimento O Liberal.JPG
Palco dos treinos do Rio Branco, estádio Décio Vitta está sob risco de não poder ser usado na Série A3

A FPF (Federação Paulista de Futebol) interditou nesta sexta-feira o estádio Décio Vitta, a menos de uma semana do início do Campeonato Paulista da Série A3. O motivo é o vencimento do laudo de segurança, que expirou dia 15 de dezembro. A diretoria do Rio Branco garante já ter recebido uma vistoria da Polícia Militar e assegura que um novo alvará será emitido a tempo do primeiro jogo do time em casa na competição, sábado que vem, contra o EC São Bernardo.

O restante dos laudos obrigatórios do DV exigidos pela FPF (Federação Paulista de Futebol) ainda estão em dia: o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) e o laudo de prevenção e combate de incêndio têm validade até 2 de fevereiro; o laudo de condições sanitárias e higiene vence dia 14 de julho e, por fim, a vistoria de engenharia só vai expirar em novembro de 2019.

O Tigre tem um histórico recente de problemas com seu estádio. Entre maio de 2016 e fevereiro de 2017, o DV ficou interditado por causa de ausência de corrimãos adequados e falhas no sistema de para-raios, que inviabilizaram a emissão do AVCB. Depois de ter cumprido a perda de um mando de campo no primeiro jogo em casa da Série A3 em Bragança Paulista, o clube ainda viu seu estádio ser interditado novamente por causa das más condições de seu gramado, tendo que jogar a partida contra o Comercial pela sexta rodada em Santa Bárbara d’Oeste.

Em 2015, desta vez pela demora para finalizar as obras de um muro inacabado no entorno do DV, o Rio Branco precisou jogar duas vezes em Capivari e uma em Jundiaí, pela Série A2. Pior ainda foi em 2010, quando o Tigre atuou em todo o Paulistão da Série A1 longe de Americana por estar com seu estádio com capacidade inferior à exigida na época.

APROVEITADOS. As comissões técnicas dos times profissional e Sub-20 do Rio Branco devem se reunir neste fim de semana para avaliar os atletas dos juniores que podem ser aproveitados no elenco da Série A3. O Tigrinho deixou boa impressão na Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano, quando se classificou para a segunda fase e fez bom jogo contra o Cruzeiro no mata-mata, empatando por 1 a 1 no tempo normal e caindo só nos pênaltis, quinta-feira passada.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!