Daniel Guedes garante time reserva com ‘mesmo espírito’ do titular no Santos

Com a cabeça na Libertadores mas ainda sonhando com o título do Campeonato Brasileiro, o Santos entrará em campo diante…


Com a cabeça na Libertadores mas ainda sonhando com o título do Campeonato Brasileiro, o Santos entrará em campo diante do Botafogo neste sábado, no Engenhão, com uma escalação reserva. Para minimizar a ausência dos titulares, a ordem no clube é manter o espírito da equipe que vive ótimo momento e que já não perde há 17 partidas.

“O espírito é o mesmo de quem vem jogando. A gente trabalha para aproveitar as oportunidades que aparecem. Tem que entrar e fazer um bom jogo amanhã, se possível buscar a vitória. Queremos manter este equilíbrio na competição para alcançar bons resultados. Então, é assim que a gente vai entrar amanhã”, declarou o lateral Daniel Guedes.

O jogador será uma das novidades do Santos e promete aproveitar a chance para garantir novas oportunidades no futuro. Contra ele e os outros reservas, no entanto, está a falta de entrosamento. “Não é igual (o dos titulares), mas dentro de campo temos que superar isso. Vamos procurar o entrosamento o mais rápido possível para que possamos fazer uma boa partida.”

Além da escalação alternativa, o Santos tem contra si o cansaço pela longa viagem de Guayaquil para o Rio. Depois de encarar o Botafogo, a equipe volta para Santos, onde decidirá uma vaga na semifinal da Libertadores na quarta que vem. E apesar de garantir o foco neste fim de semana, o próprio Daniel Guedes admitiu a dificuldade de se desligar do confronto com o Barcelona.

“Só após o jogo do Botafogo a gente tem que pensar no Barcelona. A cabeça hoje, amanhã, é só no Botafogo. É uma competição importante e também estamos na briga por ela. Então, deixamos o Barcelona um pouquinho só de lado e pensamos no Botafogo, para depois voltar para este jogo”, afirmou.

Para encarar o time carioca, somente Vanderlei e David Braz foram relacionados entre aqueles considerados titulares. O zagueiro, no entanto, deve ficar no banco. Assim, o Santos entraria em campo com: Vanderlei; Daniel Guedes, Fabián Noguera, Luiz Felipe e Orinho; Leandro Donizete, Léo Cittadini e Jean Mota; Vladimir Hernández, Thiago Ribeiro e Kayke.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter