Cuca exalta reação do Palmeiras e promete ‘retiro’ em Atibaia

O técnico Cuca trocou o abatimento da entrevista coletiva anterior pelo alívio neste domingo, depois de o Palmeiras ter batido…


O técnico Cuca trocou o abatimento da entrevista coletiva anterior pelo alívio neste domingo, depois de o Palmeiras ter batido o Vitória por 4 a 2, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro. Após três derrotas seguidas na temporada, o time teve a atuação elogiada pelo treinador, que já começou a planejar um regime de concentração antes da disputa das oitavas de final da Copa Libertadores, no próximo mês.

Para o técnico, a equipe deu a resposta necessária depois de perder para Barcelona, na Libertadores, e Cruzeiro e Corinthians, pelo Brasileiro. “Esse jogo com o Vitória foi um acerto de contas. Quando se está em um time grande e perde três jogos seguidos, é preciso reagir. O Vitória deu só três chutes a gol. Foi um resultado que a gente mereceu. Fomos consistentes”, comentou.

Cuca afirmou que conduziu a preparação do time com naturalidade nos dias seguintes à derrota para o Corinthians e defendeu o atacante Dudu. O autor de dois gols no jogo foi um dos alvos de críticas da torcida. “A gente sabe que, quando as coisas não vão bem, os mais renomados são os mais cobrados. Do que a gente não pode reclamar é da torcida. Perdemos os três últimos jogos e ainda vieram 37 mil pessoas aqui”, disse.

O resultado deste domingo veio de virada. O Vitória deu um susto no começo ao abrir o placar e deixar o Palmeiras nervoso pelo risco de nova derrota. A reação veio ainda no primeiro tempo, com dois gols, e depois mais outros dois na etapa final. A equipe nordestina descontou, já no fim da partida, para fechar em 4 a 2.

“É bom passar por um momento instável, faz parte. Temos muito a evoluir. Não vejo o Palmeiras jogando mal, porque vejo o time com mais posse de bola do que os adversários”, afirmou Cuca. Na próxima quarta-feira o time volta a campo no Rio, quando enfrenta o Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro. Já na sequência o elenco viaja para o Recife, onde enfrenta o Sport, e segue para Belo Horizonte, local da partida com o Cruzeiro, pela Copa do Brasil.

O planejamento foi revelado por Cuca na entrevista, junto com a programação para a disputa do jogo de volta da Copa Libertadores. “Vamos passar uns oito dias treinando em Atibaia. Pode parecer absurdo, mas quando você joga, joga e joga, o time ‘destreina’ e aí é preciso trabalhar de volta”, explicou. A comissão técnica quer passar uma semana em Atibaia e escalar reservas nos compromissos do Brasileiro.

O período deve contemplar as partidas contra o Botafogo, no Rio, e o Atlético-PR, no Allianz Parque. Na Libertadores o Palmeiras precisará reverter a desvantagem de 1 a 0 diante do Barcelona, do Equador, para avançar às quartas de final da competição.