Com portões fechados, Santos enfrenta o Vasco buscando embalar no Brasileirão

O Santos tem um importante desafio neste domingo, às 16 horas, na tentativa de embalar de vez no Campeonato Brasileiro.…


O Santos tem um importante desafio neste domingo, às 16 horas, na tentativa de embalar de vez no Campeonato Brasileiro. Encara o Vasco no estádio do Engenhão, no Rio, pela 14.ª rodada, em confronto que será realizado com os portões fechados.

Punido pela briga de seus torcedores no estádio de São Januário, no último dia 8, após a derrota no clássico para o Flamengo, o Vasco teve seu estádio interditado e foi obrigado a jogar no Engenhão com os portões fechados. Um fator que pode auxiliar o Santos a conquistar a sua terceira vitória consecutiva na competição e a se firmar de vez entre os três primeiros colocados.

Embora derrotado pelo Flamengo em São Januário, o Vasco faz uma excelente campanha em casa, com cinco vitórias em sete partidas. O time carioca ainda vem embalado pela boa goleada sobre o Vitória, fora de casa, por 4 a 1. Mas, com os portões fechados, deve perder parte de seu ímpeto no Rio.

Ainda assim, o elenco do Santos se mostra cauteloso ao comentar o “benefício”. “Infelizmente a partida será de portões fechados, mas independentemente disso será um jogo difícil. A equipe do Vasco é muito qualificada. Jogando fora de São Januário, ou não, teremos dificuldades”, comentou o meia Lucas Lima.

Retornando após cumprir suspensão na última partida, o meia avalia que o mais importante é ter os jogadores plenamente recuperados após a desgastante vitória sobre o Atlético Mineiro, na última quarta-feira. “Estamos focados no que temos que fazer. Vamos descansar os guerreiros que atuaram no último jogo para chegar com disposição lá (no Rio) e fazer um bom resultado”.

Se Lucas Lima retorna, o técnico Levir Culpi terá problemas no gol. Depois de sofrer uma pancada na região do glúteo e terminar o jogo em Minas Gerais no “sacrifício”, uma vez que o Santos tinha feito as três substituições, Vanderlei ainda sente dores e foi vetado pelo departamento médico. Seu substituto imediato, Vladimir, está fora após torcer o joelho esquerdo no treino da última quinta-feira. Terceira opção do elenco, assim, João Paulo ganhará uma chance.

Além disso, o volante Thiago Maia está de saída para o Lille e nem foi relacionado por Levir. Assim, como Renato está lesionado, o Santos vai entrar em campo com uma dupla de volantes formada por dois reservas: Leandro Donizete e Alison.