Com dores musculares, Bruno Henrique preocupa o Santos

O Santos pode ter um problema para o duelo com o Vitória, na próxima segunda-feira, no Pacaembu, e também nos…


O Santos pode ter um problema para o duelo com o Vitória, na próxima segunda-feira, no Pacaembu, e também nos compromissos seguintes pelo Campeonato Brasileiro. O atacante Bruno Henrique deixou o jogo com a Ponte Preta reclamando de dores musculares e passará por exames médicos nesta sexta-feira para determinar a gravidade do problema.

“Estiquei a perna em um lance com o Nino Paraíba e senti o músculo rasgando. Vou saber o que foi no exame. Tomara que não seja nada”, afirmou Bruno Henrique após o empate do Santos por 1 a 1 com a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, na última quinta-feira.

Embora tenha reclamado das dores musculares, Bruno Henrique não chegou a ser substituído durante o duelo em Campinas. O atacante teve participação direta no empate ao dar o passe para Ricardo Oliveira marcar o gol da equipe, mas também desperdiçou uma chance clara de dar a vitória ao Santos nos minutos finais.

O atacante, porém, negou ter falhado no lance, um cabeceio na grande área, e apontou que foi atrapalhado pelo seu marcador – Nino Paraíba – na jogada. “Não foi um lance perdido. Cabeceei da maneira certa, mas o Nino conseguiu me atrapalhar”, disse.

O empate levou o Santos aos 48 pontos, agora a dez do líder Corinthians. Bruno Henrique tentou adotar um discurso otimista em que assegurou que o Santos ainda tem condições de ser campeão brasileiro.

“A gente tentou e o Aranha foi o melhor da Ponte. Criamos as jogadas e ele conseguiu impedir os gols. O empate não é ruim. Temos 12 jogos pela frente e vamos tentar a diferença do Corinthians e ser campeão brasileiro”, disse. “Dá para chegar no Corinthians. ele têm jogos contra times que estão na parte de cima da tabela. É fazer nossa parte e torcer pelos erros deles”, acrescentou.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter