Clubes brasileiros homenageiam Chapecoense na volta aos treinos

Vários clubes brasileiros, entre eles Corinthians, Flamengo e São Paulo, fizeram um minuto de silêncio antes do treino desta quarta-feira,…


Vários clubes brasileiros, entre eles Corinthians, Flamengo e São Paulo, fizeram um minuto de silêncio antes do treino desta quarta-feira, pela manhã, para homenagear as 71 vítimas da queda do voo da Chapecoense que ia para Medellín, na Colômbia, para a final da Copa Sul-Americana. Apenas seis pessoas sobreviveram (três jogadores, dois membros da tripulação e um jornalista).

Jogadores e funcionários do Corinthians fizeram a homenagem no CT Joaquim Grava na retomada dos treinos. Em função da tragédia, a comissão técnica do Corinthians mudou a programação na terça-feira. Os atletas realizaram uma atividade rápida na academia, mas foram liberados por causa do abatimento e tristeza. Ainda na terça-feira, o clube usou o verde, cor da Chapecoense, em suas redes sociais.

No CT da Barra Funda, os jogadores do São Paulo ficaram abraçados no centro do gramado antes de iniciar o treinamento. As bandeiras estão a meio mastro. Na terça-feira, o clube prestou vários homenagens para o lateral Mateus Caramelo, uma das vítimas da queda do avião e que ainda pertencia ao São Paulo. Após o treino desta quarta-feira, existe a possibilidade de que os jogadores sejam liberados. O próximo jogo será no dia 11 contra o Santa Cruz no Pacaembu. Não há data definida para a apresentação de Rogério Ceni como novo técnico.

Liberal Motors – BC

Depois do minuto de silêncio, os jogadores do Flamengo fizeram um treino em clima de tristeza no Ninho do Urubu. Nos intervalos, os jogadores estavam cabisbaixos e evitavam as brincadeiras. Entre as vítimas do acidente, três ex-jogadores do Flamengo: Marcelo, Cleber Santana e Arthur Maia, além do técnico Caio Júnior, que dirigiu o Flamengo em 2008, e do comentarista Mário Sérgio, que atuou no clube entre 1969 e 1971.

O Palmeiras, que se sagrou campeão brasileiro exatamente na partida contra a Chapecoense no domingo, decidiu interromper os treinamentos até a próxima semana.

Além de manifestar solidariedade à tragédia, vários clubes brasileiros publicaram nota oficial em conjunto para oferecer ajuda com empréstimo gratuito de atletas e solicitar à CBF que a equipe catarinense fique imune ao rebaixamento pelas próximas três temporadas. Atlético-PR, Botafogo, Coritiba, Corinthians, Cruzeiro, Fluminense, Palmeiras, Portuguesa, Santos, São Paulo e Vasco divulgaram nota nesta terça-feira. Outros clubes devem aderir ao movimento.