Pague Menos Corrida – SB.1

Cavani marca, homenageia a Chapecoense e PSG ganha em casa; Nice vence e lidera

No segundo dia seguido de homenagens na Europa às vítimas do acidente aéreo na Colômbia que matou 71 pessoas e…


No segundo dia seguido de homenagens na Europa às vítimas do acidente aéreo na Colômbia que matou 71 pessoas e feriu outras 6 entre jogadores, comissão técnica e dirigentes da Chapecoense, além de jornalistas e tripulantes, o Paris Saint-Germain não fez diferente nesta quarta-feira, quando derrotou o Angers por 2 a 0, no estádio Parque dos Príncipes, em Paris, pela 15.ª rodada do Campeonato Francês. E o clube contou com a ajuda do centroavante Edinson Cavani.

Antes da partida, um vídeo com lances dos jogadores da Chapecoense foi exibido nos telões do estádio. Nele, era possível ouvir torcedores do clube catarinense gritando “Vamo, vamo Chapê”. Logo depois, os atletas dos dois times e o quarteto de arbitragem se posicionaram no meio de campo e fizeram um minuto de silêncio.

Já no segundo tempo, aos 21 minutos, Cavani marcou em cobrança de pênalti e tirou a sua camisa, mostrando que estava com uma outra branca com um desenho formando as iniciais da Chapecoense (ACF) e a palavra “Fuerza” (força em português). Como é regra no futebol, o uruguaio recebeu o cartão amarelo.

O gol de Cavani foi o segundo da vitória do Paris Saint-Germain. Na primeira etapa, aos 34 minutos, o zagueiro brasileiro Thiago Silva, muito emocionado nas homenagens à Chapecoense, havia aberto o placar. Outros brasileiros em campo foram o atacante Lucas Moura, o lateral-esquerdo Maxwell e o volante Thiago Motta, que é naturalizado italiano.

A vitória colocou o time da capital na segunda colocação isolada no Campeonato Francês. Tem 35 pontos, um a menos que o líder Nice, que mesmo sem o artilheiro Mario Balotelli, bateu fora de casa o Guingamp por 1 a 0. O terceiro colocado é o Monaco, que na última terça-feira empatou como visitante com o Bastia por 1 a 1 e chegou a 33 pontos.