Barcelona prevê receita de US$ 1 bi na temporada

Previsão da elevação das receitas do Barcelona tem relação direta com a venda de Neymar ao Paris Saint-Germain pelo valor recorde de US$ 222 milhões


O Barcelona anunciou nesta terça-feira o seu balanço financeiro do último ano e também projetou os recursos que pretende gerar na atual temporada, revelando que pretende superar pela primeira vez a marca de US$ 1 bilhão (mais de R$ 3,1 bilhões), o que o transformaria no clube com maior receita do futebol mundial.

Foto: Football.ua / Creative Commons
Principal nome do Barcelona, Messi é um dos responsáveis pelo aumento da receita do clube catalão

Essa previsão da elevação das receitas do Barcelona tem relação direta com a venda de Neymar ao Paris Saint-Germain pelo valor recorde de US$ 222 milhões (R$ 704 milhões), ainda que a diretoria só tenha realizado a negociação por causa do pagamento da multa pelo clube francês, pois desejava manter no elenco o atacante brasileiro.

As receitas do Barcelona na temporada 2016/2017 subiram 4%, para US$ 839 milhões (aproximadamente R$ 2,659 bilhões). Os lucros do Barcelona antes da incidência dos impostos chegaram aos US$ 36,7 milhões (R$ 116,3 milhões). Já a dívida do clube catalão caiu US$ 29 milhões (R$ 92 milhões), para US$ 292,6 milhões (R$ 927,4 milhões).

Esses números serão apresentados pelo Barcelona em 21 de outubro na Assembleia Geral Ordinária do clube, quando será colocada para votação e aprovação dos sócios do time. Além disso, a diretoria confirmou que o plano estratégico se mantém em atingir a receita de 1 bilhão de euros (cerca de R$ 3,8 bilhões) em 2021.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter