Após cirurgia no joelho, Morato tem futuro indefinido no São Paulo

Jogador terá de ficar de seis a sete meses longe dos gramados


A cirurgia no joelho do atacante Morato foi um sucesso, mas o jogador terá de ficar de seis a sete meses longe dos gramados. Com isso, está fora da temporada do São Paulo e não sabe como será seu futuro, pois está emprestado ao time do Morumbi apenas até o final do ano – seus direitos econômicos são do Ituano.

Morato chamou atenção do São Paulo no Campeonato Paulista e a diretoria chegou a um acerto com o Ituano para empréstimo até o final do ano – o contrato dele com o time de Itu vai até o fim de 2018. O atacante estreou contra o Cruzeiro, foi bem, mas sua lesão acabou atrapalhando a caminhada do atleta na sequência da temporada.

Por causa da lesão recente, a diretoria ainda não discutiu sobre o que vai fazer com o atacante, mas no mínimo ele cumprirá o contrato até o fim. Juninho Paulista, gestor do Ituano, promete ajudar nas conversas para que o atleta tenha tempo de mostrar seus serviços no clube no próximo ano, mas tudo isso ainda será debatido entre os dois lados.

Liberal Motors – BC

Rene Abdalla, cirurgião do Instituto do Joelho do HCor, o Hospital do Coração, comandou com sua equipe o processo de reconstrução do ligamento cruzado posterior, correção do ligamento colateral medial e também correção de lesão do menisco medial. A cirurgia durou cerca de duas horas.

Segundo o ortopedista, que é especialista na reabilitação de atletas profissionais, o período de recuperação será longo. “A cirurgia foi bem sucedida e agora o atleta deverá iniciar tratamento com fisioterapia e fortalecimento muscular para retornar aos gramados em 6 a 7 meses”, afirmou o médico.