Americana vence e empolga torcida na decisão

Em noite inspirada de Gretter, Timão faz 78 a 58 no Uninassau Basquete e iguala série das finais da Liga de Basquete Feminino


Aos gritos de “o campeão voltou” vindos das arquibancadas, o Corinthians/Pague Menos/Americana deu o troco no Uninassau Basquete e venceu por 78 a 57 (parcial de 36 a 24 no primeiro tempo) no segundo jogo dos playoffs finais da LBF (Liga de Basquete Feminino), nesta segunda-feira (24) à noite, no ginásio Mário Antonucci, no Centro Cívico, em Americana. Com o resultado, o Timão igualou em 1 a 1 a série melhor de cinco da decisão.

Damiris do Amaral foi cestinha do duelo, com 20 pontos. A grande destaque da noite, porém, media apenas 1,60m. A baixinha armadora argentina Melissa Gretter fez uma de suas melhores atuações com a camisa alvinegra, puxou contra-ataques, organizou o jogo, e ainda anotou 19 pontos, 5 assistências e 5 rebotes. “Melhoramos muito em relação ao jogo anterior, tivemos muita garra, coração e estamos fortes nessa final”, comentou Gretter.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Corinthians/Pague Menos/Americana deu o troco no Uninassau Basquete e venceu por 78 a 57

O segundo duelo das finais começou nervoso e muito estudado. As duas equipes marcaram forte e pecaram nos primeiros ataques, tanto que a primeira cesta só ocorreu com mais de dois minutos de partida, em chute de Brandie Baker. Apesar de inaugurar o placar, Americana não foi bem no primeiro quarto e só anotou oito pontos, contra 15 de Uninassau.

No segundo período, ocorreu o inverso. As donas da casa viraram o placar com autoridade para 36 a 24, graças a sucessivas tentativas de ataque bem sucedidas e a forte marcação imposta para cima do time pernambucano – um toco de Damiris levantou o público presente no ginásio.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Com a vitória no segundo jogo, Americana igualou a série em 1 a 1 nos playoffs das finais da LBF

Na volta do intervalo, o terceiro quarto foi equilibrado, mas Americana se manteve melhor em quadra, ampliando a vantagem para 18 pontos: 60 a 42. Bastou administrar a diferença no último quarto para fechar a partida em 78 a 57, para muita festa do público que praticamente lotou o Centro Cívico.

“Dar essa alegria para o nosso torcedor nos dá um gás a mais. Foi indescritível esse momento (jogadores e torcida comemorando juntos). É uma motivação a mais. Mas temos que saber jogar tanto dentro quanto fora de casa. Temos que pegar as coisas boas que fizemos para sair com as vitórias lá”, disse a armadora Babi Honório.

Agora, os dois próximos confrontos das finais da LBF serão disputados em Recife, sexta-feira (28), às 21h30, e domingo (30), ao meio-dia. Se alguma das equipes vencer os dois, poderá comemorar o título sem a necessidade do quinto jogo.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter