Americana encerra temporada com título no Sub-12

Equipe se sagrou campeã do Torneio de Basquete Feminino de Base com 100% de aproveitamento


Após nove meses de intensa disputa, chegou ao fim no último sábado (2), no ginásio da Praça de Esportes Marcos Antônio Gobbo, no Jardim São Pedro, o 1º Torneio de Basquete Feminino de Base, organizado pela ADCF Unimed e Sicoob Unimais. O torneio celebrou o retorno das categorias de base da ADCF Unimed, após dois anos inativas.

Fechando com chave de ouro, pela categoria Sub-12, a equipe de Americana, comandada por Grasiele Rezende, conquistou o título com 100% de aproveitamento. No playoff final, as americanenses derrotaram Itupeva por 39 a 2, enquanto Itatiba venceu Valinhos por 31 a 15. Na grande final, as americanenses fizeram bonito e venceram Itatiba por 34 a 10. Valinhos ficou com a terceira posição ao vencer Itupeva por 15 a 2.

Foto: Sanderson Barbarini / Foco no Esporte
Equipe se sagrou campeã do Torneio de Basquete Feminino de Base com 100% de aproveitamento

Ao término da competição, houve a cerimônia de encerramento com a presença do subsecretário de esportes Abimael Valadares, realizando a premiação da seleção de ouro, votada pelos técnicos, árbitros e comissão. A equipe americanense teve as atletas Bárbara Luisa Silva Perandini e Manuela Alves eleitas. Também foram eleitas Isadora Dutra Gonçalves (Itatiba), Bruna Moraes de Oliveira (Itupeva) e Crisciele dos Santos (Valinhos).

Bronze

Paralelo aos jogos da categoria Sub-12, as comandadas do técnico Virgil Lopez fecharam a categoria Sub-15 com o bronze para Americana. Na última etapa da temporada, as meninas perderam para Itatiba por 24 a 15 e, na disputa de terceiro lugar, venceram Hortolândia por 25 a 24.

Valinhos sagrou-se campeão após vencer Itatiba por 27 a 24 na grande final. Além do bronze, a equipe americanense teve a atleta Natália Balbino eleita na seleção de ouro.

Também foram eleitas Vitória Marocci (Itatiba), Aline Miranda (Hortolândia) e Gabriely Teixeira e Joyce Campos (Valinhos).

“Não nos sagramos campeões, mas foi um terceiro lugar com sabor de ouro! As meninas evoluíram muito ao longo dos torneios e essa é a maior recompensa, vencer é bom, mas vê-las evoluir tecnicamente da maneira como elas fizeram é melhor ainda”, destacou Virgil Lopez.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter