Chitãozinho & Xororó e Bruno & Marrone dividem o palco neste domingo

As duplas apresentam o show "Clássico” na Festa do Peão de Americana; os ingressos custam a partir de R$ 10


As duplas Chitãozinho & Xororó e Bruno & Marrone marcaram a história da música sertaneja com suas trajetórias de sucesso. Em 2013, a partir da participação deles na Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos, a parceira entre os quatro artistas foi intensificada, o que resultou na gravação do DVD “Clássico”, no ano passado, em São Paulo. No repertório, eles reuniram seus principais sucessos, com os quatro cantores dividindo os microfones.

Este show, que deu seus primeiros passos em um dos rodeios mais importantes do Brasil, chega neste domingo a 31ª Festa do Peão de Americana. A atração é a segunda promovida em parceria com a rede de supermercados São Vicente, por meio do projeto “Domingo da Família”, que vende ingressos
promocionais a R$ 10.

Chitãozinho & Xororó, com 45 anos de estrada, já alcançaram 37 milhões de discos vendidos. Os irmãos lançaram 37 álbuns, acumulam três prêmios Grammy, e além do projeto clássicos têm viajado o Brasil com o trabalho “Pura Emoção”, com sucesso da carreira repaginados, e com a turnê “No Tom do Sertão”, em que a dupla homenageia Tom Jobim. Já Bruno & Marrone completaram no ano passado suas três décadas de atividades. Os artistas alcançaram o sucesso nacional em 2000, com a faixa “Dormi na Praça”. Eles possuem 18 CDs e seis DVDs lançados ao longo da carreira, com mais de dez milhões de cópias vendidas. Bruno & Marrone estão prestes a lançar o DVD “Ensaio”, projeto intimista registrado em 2015 em show no interior de São Paulo, composto por faixas inéditas. Confira as novidades que as duplas adiantaram ao LIBERAL:

Foto: Fernando Hiro / Divulgação
Chitãozinho & Xororó e Bruno & Marrone dividem o palco neste domingo com show baseado nos sucessos que marcaram a música sertaneja

BRUNO & MARRONE
Liberal: Vocês já se apresentaram outras vezes na Festa do Peão de Americana. Quais as impressões de vocês sobre o evento?
Bruno: É um dos palcos mais importantes que já pisamos. É uma festa sem tamanho, e é maravilhoso poder cantar para o público de Americana. Esperamos sempre estar presente e a gente torce para que o público encerre esta temporada com chave de ouro ao nosso lado.

Liberal: Como tem sido a parceria entre vocês e Chitãozinho & Xororó?
Bruno: São quase quatro anos que estamos dividindo o palco com eles, e tem sido incrível! Somos fãs demais dos dois, tanto pelo lado profissional como pelo lado pessoal. É uma honra dividir um trabalho de tamanha importância com estes dois.

Liberal: O que podem adiantar a respeito de lançamentos para breve?
Bruno: Estamos prestes a lançar nosso novo CD e DVD “Ensaio”. Ele é só de inéditas e foi gravado no fim de tarde em uma fazenda. Ficou bem legal, é nosso primeiro trabalho dirigido pelo Eduardo Pepato.

Liberal: Recentemente, a apresentação de vocês na “Fenamilho” ganhou repercussão na internet. O que realmente aconteceu?
Bruno: Ia repercutir mesmo, hoje em dia com celulares e redes sociais tudo é muito rápido, tanto para os acertos quanto para os erros. Errei em me medicar de forma errada e misturar bebida alcoólica, mas bola pra frente, me desculpei e pretendo voltar na cidade e fazer o meu melhor show!

CHITÃOZINHO & XORORÓ
Liberal: Vocês também já se apresentaram várias vezes na Festa do Peão de Americana.
Chitãozinho: Gostamos muito de Americana, o pessoal é bem animado e sempre nos recebeu bem, aliás, estamos no “quintal de casa” (risos). É sempre um prazer participar da Festa do Peão. Com certeza vai ser mais um grande show.

Liberal: E como é para vocês dividir a noite com Bruno &  Marrone, com o projeto “Clássico”?
Xororó: Bruno & Marrone são grandes amigos e o projeto tem dado muito certo. Estamos muito felizes com a parceria, a química dentro e fora do palco é ótima, o clima é muito legal entre a gente. O show é muito bem planejado e pensado, só com grandes sucessos, então não tem erro, o público canta com a gente o tempo todo.

Liberal: Recentemente, vocês fizeram um show gratuito em Várzea Grande que foi visto por menos de 200 pessoas, sendo que o público de vocês sempre é muito grande, e a notícia repercutiu. Qual foi a reação de vocês naquela apresentação?
Xororó: Como diz nossa música, “nós nascemos para cantar”! Cantamos independentemente do tamanho do público que está nos assistindo. Nunca controlamos completamente esta questão, mas seguimos motivados. Esperamos voltar em breve para um show com mais de 30 mil pessoas.

Liberal: E quais serão os próximos trabalhos de vocês? Pensam em lançar um novo disco de inéditas?
Chitãozinho: Estamos finalizando uma nova turnê, que estreia no fim deste mês e nosso objetivo é viajar o Brasil realizando este novo show, além de continuar com o “Clássico”, porque é um projeto que acreditamos muito. Vindo mais novidades contaremos (risos).