Georgiana Góes comemora ‘maturidade cômica’

Na quinta temporada do “Tá no Ar: A TV na TV”, atriz ressalta entrosamento do elenco


Georgiana Góes só enxerga vantagens em integrar o elenco do “Tá no Ar: A TV na TV” por tanto tempo. Afinal, as cinco temporadas do humorístico a ajudaram a dominar não só a linguagem do programa como a ganhar mais intimidade com os colegas em cena e com o próprio tom de comédia. “O tempo sedimenta e estrutura, sem falar no afeto que criamos nesse período”, alegra-se.

Por conta dos vários esquetes em que participa, a atriz precisa sair de uma personagem e entrar em outra de forma ágil. Não existe um tempo longo de preparação, a não ser durante as leituras que são feitas antes das gravações de cada nova leva de episódios. Por isso, o “radar” de Georgiana para perceber o lado engraçado de qualquer situação, mesmo que ela seja trágica, passou a ficar sempre ligado. “Também vejo um apuro na observação de reconhecer onde está a piada no texto para que o foco seja valorizado em vez de criar alguma outra coisa que se sobreponha e não valorize a piada”, explica.

Foto: Divulgação
Georgiana Góes

Da atual temporada do “Tá no Ar”, Georgiana elenca alguns quadros como favoritos. Entre eles, “Walking Back”, que critica o retrocesso dos últimos tempos e a constante patrulha do politicamente correto, e as propagandas que colocam os abusos sofridos diariamente pelas mulheres em foco. “Como a paródia do Tio Sukita e do absorvente que diz que a mulher sozinha na rua nunca está ‘sempre livre’”, destaca.

Ao longo das temporadas do humorístico, a atriz manteve contato com outros gêneros através de trabalhos na televisão e no teatro. Participou das séries “Questão de Família”, do GNT, “Cidade Proibida” e “Segredos de Justiça”, do “Fantástico”. “Fiz um curta dramático e tenho um monólogo meio romântico sobre uma situação dramática de um jeito também cômico, então continuo exercitando outros gêneros”, conta.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!