Com seriados originais, Amazon cria concorrência

O caminho dos serviços do streaming, nos próximos anos, aponta para o conteúdo original


Lançado no Brasil em dezembro de 2016, o Amazon Prime Video nasceu para fazer frente à Netflix no sistema de TV por streaming. Em um campo desbravado e dominado pela concorrente, a empresa aprendeu rápido que era preciso apostar no material original e não apenas encher seu catálogo com filmes e séries. Para chamar a atenção de assinantes, o conteúdo exclusivo é fundamental.

Estrelada por Jeffrey Tambor, que vive Maura Pfefferman, a série Transparent, criada por Jill Soloway, a mesma de I Love Dick, foi um grande acerto. Tem uma temática contemporânea e foi bem recebida pela crítica. Ao todo, foram dois Globos de Ouro e oito estatuetas do Emmy. Outra produção original, Mozart In The Jungle, protagonizada por Gael García Bernal, também foi lembrada na temporada de premiações.

O caminho dos serviços do streaming, nos próximos anos, aponta para o conteúdo original. As emissoras tradicionais, embora tenham demorado para entender o funcionamento da TV sob demanda, já lançaram as próprias plataformas.

A maior delas é a HBO, cujo serviço HBO Go já oferece os episódios das séries do canal por assinatura no mesmo horário no qual elas vão ao ar. O inverso também está prestes a ocorrer. Séries da Fox no Brasil, como How I Met Your Mother, Prison Break e Glee, estão deixando a Netflix.

Em breve, devem estar na plataforma da própria Fox. A guerra está só começando. E novos jogadores estão dispostos a brigar pela sua mensalidade.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter