Vereador pede ao MP que investigue Cristina Carrara

Vereador Willian Souza (PT) encaminhou denúncia ao MP em que pede apuração de crime de improbidade administrativa e fraude em licitação


O vereador Willian Souza (PT) encaminhou denúncia ao MP (Ministério Público) em que pede apuração de crime de improbidade administrativa e fraude em licitação supostamente cometidos pela ex-prefeita de Sumaré, Cristina Carrara (PSDB), em relação à contratação da Odebrecht Ambiental para gestão da água e esgoto do município.

Nesta semana, ela foi citada em delações da Operação Lava-Jato, em que o ex-secretário executivo da Odebrecht relatou que a tucana teria recebido R$ 600 mil em repasses para a campanha de 2012. A ex-prefeita nega irregularidades e afirma que as doações para sua campanha foram contabilizadas dentro da lei.

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Willian Souza usou a sessão de ontem para solicitar providências por parte do MP quanto ao contrato

O ofício do vereador foi protocolado no MP nesta terça-feira, e durante a sessão da câmara, ele aproveitou para explanar sobre o pedido de investigação e também quanto à delação, que teve trechos exibidos em um telão durante a reunião dos parlamentares.

Liberal Motors – BC

“Esse pedido é meu, como vereador, e não da CPI. É uma solicitação para que o Ministério Público abra um inquérito civil e possa apurar suposto crime de improbidade administrativa contra o gestor público da época, a senhora Cristina Carrara, e que seja aberto um procedimento investigatório criminal para apurar suposta violação da licitação, uma possível fraude na licitação. Estamos pedindo, além da investigação da Lava Jato e da CPI, que seja investigado pelo Ministério Público”, afirmou o vereador ao LIBERAL.