Sumaré assina parceria com faculdade para atuar na Saúde

Alunos de medicina e odontologia vão ser supervisionados por professores e médicos concursados do município durante o estágio na rede pública


Nesta quinta-feira, a Prefeitura de Sumaré anunciou parceria com a faculdade privada São Leopoldo Mandic para reforçar o atendimento nas unidades básicas de saúde. Alunos de medicina e odontologia vão ser supervisionados por professores e médicos concursados do município durante o estágio na rede pública. Em agosto do ano passado, a faculdade já havia anunciado convênio semelhante com a Prefeitura de Americana, para complementar os atendimentos realizados no Hospital Municipal Doutor Waldemar Tebaldi.

A previsão para o início dos trabalhos na rede sumareense é para o mês que vem. Uma sessão extraordinária será convocada na próxima semana para que os vereadores aprovem o projeto de lei oficializando a parceria. “Cada unidade poderá receber até dez alunos e os médicos concursados poderão optar em ser preceptores destes estudantes. Neste caso, a faculdade pagará R$ 25 por hora de trabalho aos médicos-professores”, explicou a assessoria de imprensa do município, por meio de nota. “Além disso, os preceptores serão avaliados pelos alunos e aqueles que obtiverem nota superior a 8, receberão um curso de mestrado gratuito na São Leopoldo, instalada em Campinas”, finalizou o órgão.

Foto: Prefeitura de Sumaré / Divulgação
Documento foi assinado e projeto terá de ser aprovado pelos vereadores

O presidente da São Leopoldo, José Luiz Cintra Junqueira disse que os materiais utilizados pelos estudantes, como luvas e máscaras, serão pagos pela instituição de ensino. “Temos esta parceria em outras cidades há muitos anos e já podemos calcular os resultados, que são bastante positivos na redução dos problemas de saúde em geral e de saúde bucal. A intervenção do acadêmico também dá um ânimo a mais para os médicos da rede, com a proposta de novos estudos de casos, pesquisas, publicações científicas”, comentou Junqueira.

“Os efeitos positivos desta medida serão verificados em médio e longo prazo, quando pudermos comparar as estatísticas. É um investimento na qualidade de vida dos nossos moradores, que vai contribuir e muito para atingirmos patamares mais elevados de IDH (Índice de Desenvolvimento Humano)”, declarou o prefeito Luiz Dalben (PPS).

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter