Policial flagra roubo, atira e mata suspeito em Sumaré

Caso aconteceu na manhã deste sábado, na região do Matão; criminoso assaltou pedestre e foi seguido pelo policial


Um policial militar rodoviário flagrou um assalto e matou o suspeito do crime, no bairro Matão, em Sumaré, na manhã deste sábado (11). De acordo com a PM (Polícia Militar), o soldado seguia de carro para o trabalho e ao passar pela Avenida Emílio Bosco, viu o bandido assaltando um pedestre. Depois do roubo, o criminoso fugiu em um Corcel.

O policial passou a acompanhar o veículo do suspeito e na Praça do Sol, no Parque Pavan, na região do Matão, um dos pneus do carro do bandido furou. O homem desceu do Corcel e seguiu em direção ao automóvel do policial, colocando a mão na cintura. Quando ele se aproximou, o soldado o atingiu com três tiros na altura do tórax. O assaltante morreu no local.

Foto: Divulgação-PM
Crime aconteceu na manhã deste sábado

A vítima do roubo reconheceu o suspeito como sendo o autor do assalto, bem como o Corcel usado por ele. A ocorrência foi registrada no Plantão Policial. O nome do criminoso não foi divulgado.

Em outubro, um policial militar que estava de folga atirou em um homem que tentou assaltar um posto de combustível, em Americana. O suspeito chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital. A ocorrência foi registrada como roubo, homicídio e legítima defesa.

O policial militar, de 38 anos, disse que parou no posto na Avenida Graciliano Ramos, no Antonio Zanaga, para abastecer o veículo. Depois de encher o tanque do carro, o frentista teria ido até a guarita ao lado das bombas de abastecimento pegar a máquina de cartão de crédito. Nesse momento, apareceu um rapaz de capacete com uma faca em mãos. Ele teria ameaçado o frentista e anunciado o assalto.

O policial, então, disse ter sacado a arma e atirado entre três e quatro vezes – não se recorda do número exato. O rapaz ainda tentou correr, mas caiu há alguns metros.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!