Pintor é atingido por tiro de raspão na cabeça ao reagir contra assalto

Dois ladrões armados renderam a família, em Sumaré, um deles foi atingido no ombro; dupla roubou carro em rua próxima para fugir


Um pintor de 53 anos foi atingido por um tiro de raspão na cabeça ao reagir contra um assalto na noite de terça-feira (26), na casa onde mora com os dois filhos e esposa, em Sumaré. O crime foi praticado por dois ladrões armados, no Parque das Indústrias, por volta das 19h. Os quatro moradores foram feitos reféns na ação que durou menos de 10 minutos e foi frustrada pelo pintor.

Na luta corporal com a vítima, um dos bandidos também foi atingido por um tiro no ombro, mas conseguiu fugir com o comparsa. Até ontem à tarde, não haviam sido identificados.

Na fuga, a dupla roubou o carro de uma técnica de enfermagem de 37 anos, estacionado em frente a um depósito de gás, onde ela aguardava o marido comprar um botijão.

Segundo um dos filhos do pintor, que preferiu não se identificar, este foi o quarto assalto sofrido pela família nos últimos anos. O penúltimo foi no final de 2015. Na frente da casa, funciona uma ótica que pertence ao filho mais velho da vítima. Os dois bandidos levaram um óculos de sol até a loja e, após solicitarem conserto, anunciaram o assalto. O pintor, que estava na loja, pulou em cima de um dos criminosos.

Após os dois disparos durante a luta corporal, um dos ladrões invadiu o quarto do casal, arrancou a grade e fugiu pela janela. O outro pegou o filho mais novo e o fez de escudo até acessar a porta da frente e fugir. “Acho que eles pensaram que meu pai estava armado também”, comentou. No local, foram apreendidos dois projéteis deflagrados e cápsula de calibre 380, além de colhidas amostras de sangue da vítima e do ladrão ferido. A Polícia Militar preservou o local para perícia, trabalho que foi acompanhado pelo delegado João Batista Soares, titular do 3o Distrito Policial e responsável pelas investigações. O carro roubado, Fiat Pálio, foi localizado às 14h desta quarta-feira, abandonado no bairro Três Marias, em Campinas, sem o estepe e equipamento de som. Na tarde de quarta-feira (27), o pintor continuava internado no Hospital Estadual de Sumaré, com quadro de saúde “estável”.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter