Moradores do Residencial Emílio Bosco podem retirar contrato nesta terça

Contratos serão viabilizados para 560 moradores contemplados em 2015 com unidades do primeiro empreendimento do condomínio


Nesta terça-feira (18), moradores do Condomínio Residencial Emílio Bosco, em Sumaré, podem retirar o contrato do imóvel, no anfiteatro do Centro Administrativo de Nova Veneza, das 8h às 16h.

O documento será entregue pela Caixa Econômica Federal, com o apoio da Prefeitura de Sumaré, exclusivamente para o cidadão titular do contrato que estiver com os débitos regularizados de financiamento com a Caixa Econômica Federal (CEF) e com o pagamento da taxa de condomínio em dia. O titular terá que apresentar declaração de débitos quitados e documento de identidade original com foto.

Foto: Arquivo / O Liberal
As famílias beneficiadas habitavam em moradias irregulares em áreas de risco do município

Quem estiver com pagamentos atrasados, deve procurar a Caixa Econômica Federal para negociar a dívida.

Os contratos serão viabilizados para 560 moradores, que foram contemplados com unidades do primeiro empreendimento do Condomínio Residencial Emílio Bosco, entregues em 2015 pelo Governo Federal, por meio do programa ‘Minha Casa, Minha Vida – Faixa 1’.

As famílias beneficiadas habitavam em moradias irregulares em áreas de risco do município e foram indicadas pela Secretaria Municipal de Habitação para o Minha Casa, Minha Vida – Faixa 1, para famílias com rendimento até R$ 1,6 mil, conforme regras do programa federal.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter