Justiça libera motorista de Uber preso com ‘supermaconha’

Homem foi detido com mais de um quilo de skunk, em Sumaré, no estacionamento de um fast food


A Justiça de Americana soltou, nesta quinta-feira, após audiência de custódia, um motorista de Uber de 31 anos, preso na quarta-feira com pouco mais de um quilo de skunk, popularmente conhecido como supermaconha, em Sumaré. Para conceder a liberdade provisória, o juiz Marshal Rodrigues Gonçalves considerou o fato de o suspeito não ter passagem pela polícia, ser motorista profissional e apresentar uma versão possível.

“Na terça-feira, ele [motorista] conversou com um rapaz em um bar em Barão Geraldo [Campinas] e disse que trabalhava com Uber. Essa pessoa perguntou se ele não faria um favor: entregar uma mochila com um notebook em um estacionamento de um fast food, em Sumaré. O serviço seria pago no momento da entrega. Era um rapaz bem aparentado, falava bem, disse que fazia faculdade em Campinas, que viajaria no feriado, mas teria que deixar o notebook com alguém, em Sumaré”, explicou o advogado de defesa do suspeito, William Oliveira.

Foto: Divulgação
Skunk á popularmente conhecida como ‘supermaconha’

“Ele pegou a mochila e ficou de levar no dia seguinte [quarta-feira], no local combinado. O rapaz pegou o número do celular dele e ficou de avisar a pessoa e passar o modelo do carro. Quando chegou no estacionamento, foi abordado pela polícia e esse rapaz que estaria lá para receber a mochila, não foi localizado”, explicou o advogado.

O suspeito é motorista profissional, trabalha como Uber há seis meses e não tinha passagem pela polícia. “O juiz, levando em consideração todos esses fatores, entendeu que é plausível a história dele. É lógico que ele [motorista] poderia ter tomado alguns cuidados, ter checado informações, mas como já tinha feito entregas anteriores de medicamentos e de outras coisas, agiu de boa fé”, defendeu Oliveira.

FLAGRANTE

Policiais civis de Americana receberam informação de que um homem estaria com 1,1kg de skunk em uma mochila no estacionamento de um fast food, na Avenida Rebouças. No local, viram o motorista dentro de um Sandero e não encontraram nada de ilícito com ele. Em uma busca no veículo, localizaram a droga.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter