Entregador morre cinco dias após acidente

Homem bateu com a moto em um Fiat Uno durante o trabalho e teve que amputar a perna esquerda


O entregador de gás Marcelo Correia, de 24 anos, morador no bairro Campo Belo, em Sumaré, morreu na manhã da última terça-feira, cinco dias após sofrer acidente de moto durante o trabalho e ter que amputar a perna esquerda. O acidente aconteceu às 19h20 de quinta-feira, dia 21, na Rua César Moranza, Jardim Santa Terezinha.

Correia bateu a moto contra um Fiat Uno. O condutor do carro, aposentado L.C.D., 64, declarou à polícia que foi surpreendido pelo motociclista, que trafegava pela Rodovia Virgínia Campos Dall Orto e entrou na rua. O entregador teve fratura exposta e foi socorrido até o Hospital Estadual de Sumaré, onde morreu. O caso será apurado por meio do 2o Distrito Policial.

BELICHE. O pintor Oscar Dias de Lima Nascimento, de 36 anos, de Guarulhos, morreu no mesmo hospital na madrugada de terça-feira, em decorrência de uma queda do beliche no alojamento onde morava, em Hortolândia, por volta de 0h de sexta-feira. Ele estava embriagado e foi colocado em um colchão, mas na manhã seguinte não acordou e foi internado. A obra fica na Rua José Augusto de Araújo, no Jardim Maria Auxiliadora.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter