SB aumenta número de viagens para pessoas com deficiência

Programa Porta a Porta oferece transporte gratuito; agora, cada pessoa pode usar o serviço dez vezes por mês, ao invés de apenas três


Foto: Karina Pilotto / O Liberal
Programa ‘Porta a Porta’ aumentou número de viagens para deficientes

Após diversas reclamações, a Prefeitura de Santa Bárbara ampliou o número de viagens do programa Porta a Porta, que consiste em transporte gratuito para pessoas com deficiência física. Agora, cada pessoa pode usar o serviço dez vezes por mês.

Antes da mudança, o limite era uma vez por mês para agências bancárias, uma vez por mês para atividades de lazer, o que inclui ida ao mercado, e uma vez por semana para cultos religiosos.

“Para a gente, foi aceitável. Já melhorou muito devido às regras e normas que foram colocadas para nós”, disse a presidente da Apnef (Associação das Pessoas com Necessidades Especiais e Famílias), Marlene Martins Rodrigues Bispo, que é cadeirante.

Até setembro, não havia limites de viagens, situação que mudou após um decreto do prefeito Denis Andia (PV). A alteração foi criticada pela Apnef, que cogitou acionar a Justiça, conforme o LIBERAL noticiou em 9 de dezembro.

No dia 21 do mesmo mês, por meio de outro decreto, Denis aumentou o limite para dez viagens mensais por usuário. A prefeitura comunicou que “reorganizou sua estrutura”.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!