Homem é preso após ameaçar e tentar agredir a própria mãe

Crime aconteceu na noite desta terça-feira, na Vila Satori, em Santa Bárbara; autor foi contido pela irmã e por vizinhos


Um homem de 33 anos foi preso na noite desta terça-feira (5), em Santa Bárbara d’Oeste, após ameaçar a própria mãe, de 61 anos, com um facão e tentar agredi-la. Ele foi contido pela irmã de 21 anos e por vizinhos. Quando guardas municipais chegaram no endereço, na Vila Sartori, o suspeito estava na rua, ameaçando os moradores.

Foto: João Carlos Nascimento/O Liberal
Caso foi registrado na delegacia de Santa Bárbara d’Oeste

O crime aconteceu por volta das 19h10, na Rua Haiti. A guarda recebeu uma informação de que pelo local havia um rapaz ameaçando as pessoas com um facão. Ao chegar no endereço, os patrulheiros foram alertados da presença do suspeito por moradores. No entanto, ao perceber a aproximação da viatura, ele saiu correndo e entrou em um bar na Rua Paraguai, onde acabou sendo detido.

A mãe e a irmã do acusado disseram que ele é usuário de drogas e que vive na rua. Afirmaram ainda que por conta das constantes agressões e brigas, a Justiça concedeu uma medida protetiva para a idosa.
Na noite desta terça-feira, o rapaz teria entrado na casa da mãe com um facão, a ameaçado e tentado agredi-la. A idosa, por sua vez, gritou por ajuda e foi socorrida pela filha e por vizinhos.

O homem foi autuado em flagrante por ameaça. Antes de ser levado para a delegacia, no entanto, ele teve que passar por atendimento médico no Pronto Socorro Edson Mano, uma vez que teve um dos braços ferido quando foi segurado por moradores.

A delegada Jacira Mendonça Oliveira ratificou a prisão e arbitrou fiança de R$ 2 mil para o rapaz responder ao crime em liberdade. Como a quantia não foi paga, o autor permaneceu preso. O caso seguiu para investigação no 3ºDP (Distrito Policial).

Em Nova Odessa, um rapaz de 25 anos foi preso por violência doméstica e lesão corporal. Policiais militares foram chamados na Rua da Bondade, no bairro Terra Nova, na manhã desta terça-feira, para atender um desentendimento familiar.

No local, além do autor, havia uma mulher de 43 anos e um adolescente de 16 anos. A polícia não informou o grau de parentesco do suspeito e das vítimas, apenas que a Justiça havia concedido uma medida protetiva para a mulher. O rapaz foi levado para a cadeia de Sumaré.

Notícias sobre a região, Brasil e o mundo em um clique. Receba nossa newsletter